Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

quarta-feira, julho 2

Quanto ganha um sem-teto em Tóquio?

Fonte

Cupinchas!
"Quando imaginamos pessoas desabrigadas, as imagens que geralmente vêm à mente não são exatamente agradáveis. Enquanto o estigma social da falta de moradia é brutal, para dizer o mínimo, o fato é que ser um sem-teto não é um modo de vida que a maioria das pessoas escolheria.
E enquanto a maioria dos sem-teto provavelmente não 'escolheram' a sua vida, não necessariamente todos sofrem. Alguns sem-tetos no Japão recebem um 'salário' anual que é no mínimo respeitável...

Continua adaptação:


Quem já viajou e esteve nas redondezas das principais cidades do Japão, como Osaka ou Tóquio, com certeza já deve ter visto lonas azuis em parques ou debaixo de pontes, mais parecendo aquelas barraquinhas que fazíamos com nossos cobertores quando éramos crianças. Apesar de parecerem locais improvisados para guardar ferramentas, essas barracas são na verdade, lares construídos e habitados pela população de rua do país.

Como devem presumir, os sem-tetos do Japão não são exatamente como em outros países. Por exemplo, Em São Francisco, EUA, a população de rua é uma mistura variada de homens e mulheres de todas as idades, onde muitos sofrem de doenças mentais.


No Japão, ou pelo menos em Tóquio, a maioria dos sem-tetos são homens de meia-idade ou mais velhos. Um artigo sugere que muitos desses homens eram no passado, os trabalhadores de colarinho branco ou ex-proprietários de empresas que um dia foram bem sucedidas. Por alguma razão, muitos desses homens escolheram uma vida fora do sistema. Como um senhor de idade disse a um repórter do Record China: 'Depois de passar um ano como um sem-teto, as pessoas não querem voltar a trabalhar. É porque viver a vida sem um relógio despertador é uma bênção.'

Mas só porque eles não trabalham em empregos regulares, não significa que não estejam obtendo uma renda. Na verdade, um sem-teto de 60 anos de idade, conhecido como Ishii, que viveu nas ruas por 13 anos, disse a um repórter da revista japonesa Spa!, que obtém cerca de três milhões de ienes (Aprox. 67 mil Reais) por ano. Outro sem-teto há 12 anos, contou à revista que ele estava fazendo mais de 100.000 ienes (cerca de 2200 Reais) por mês.


Como eles são capazes de fazer isso sem ter um emprego 'de verdade'? 

Coletando e revendendo lixo.

Por exemplo, a coleta de latinhas de alumínio e de metal de plugues elétricos, seis dias por semana geraria metal suficiente para ganhar cerca de 2200 Reais por mês. Em cima disso, um Smartphone encontrado no lixo poderia ser vendido por cerca de 7.000 ienes (cerca de 150 Reais). Notebooks descartados, aparentemente caíram de preço, embora chegaram a valer  ¥ 3.000 (cerca de 60 Reais), mas agora o valor é de cerca de 700 ienes (ou 15 Reais), já que o suporte do Windows XP terminou. Outros recolhem revistas, livros e mangás abandonados no trem da manhã para vendê-los à noite, fora das estações no qual, a polícia, felizmente, faz vista grossa.


Ainda assim, alguns moradores de rua têm uma vida relativamente confortável. Por exemplo, um dos senhores entrevistados pela revista Spa! disse que ele usa a maior parte do seu dinheiro em comida e cigarros. Ele evita carne, álcool, alimentos de lojas de conveniência e fast food, porque não são saudáveis, preferindo saborear carne de porco, frango e legumes. O que significa que ele é provavelmente mais saudável do que muitos de nós (exceto pelo tabagismo).

Além de alimentos e das barracas de lona azul, os sem-tetos de Tóquio podem obter ainda mais conforto com objetos encontrados. Baterias de carros podem ser utilizadas para alimentar aparelhos eletrônicos, a água da chuva pode ser guardada em tanques e os animais como cães e gatos podem ser mantidos muito mais facilmente do que em um apartamento regular. Afinal, não há senhorio reclamando de pisos riscados. Alguns até possuem geradores de energia portáteis. Um sem-teto chamado Choumei, vive em um leito de rio na divisa da província de Kanawaga e Tóquio e simplesmente cultiva suas próprias verduras e frutas.


Claro, isso é Tóquio. Como é de se esperar, basicamente estas não são as experiências de cada sem-teto no Japão. Um homem de 65 anos de idade, em Fukuoka contou a um repórter da Qbiz, uma história muito diferente. Enquanto ele também faz dinheiro recolhendo latas, onde um quilo vale ¥ 110 (cerca de 2 Reais e 45 centavos), ele só pode coletar uns 10 kg por dia. Alguns dias ele não consegue nem coletar, muito devido ao aparecimento recente de caminhões (supostamente operados pela yakuza, a máfia japonesa) que andam pela noite catando latas. A cidade aparentemente, promulgou leis contra esse tipo de coleta e a partir do próximo mês, os infratores serão multados.


E as coisas podem estar prestes a piorar para os sem-tetos de Tóquio também. Em uma tentativa de 'embelezar' a metrópole antes da chegada do Comitê Olímpico Internacional em 2013, alguns parques postaram placas dizendo aos moradores de rua para moverem as suas barracas de lona ou elas seriam destruídas. Agora que a candidatura de Tóquio está assegurada, é de se esperar que os esforços de 'embelezamento' só aumentem, embora os resultados exatos - e os efeitos sobre os cerca de 2.300 moradores de rua em Tóquio (8933 em todo o país em 2012) - estejam ainda para serem vistos."

Abrax

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

2 comentários:

Master Leodin disse...

"Ele evita CARNE, álcool, alimentos de lojas de conveniência e fast food, porque não são saudáveis, preferindo saborear CARNE DE PORCO, FRANGO e legumes."

Er...
Deixa pra lá.
XD

Rus mea disse...


Deixa pra lá mesmoXD

Ábrax^^'