Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

quinta-feira, abril 10

Ohaguro - a beleza dos dentes pretos

Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte Help

Calma lá cupinchas! hand
Não se trata de nenhuma nova moda estranha do Japão, mas sim, de uma prática estética bastante antiga... Riso For
Compartilho com vocês, um pouco sobre o Ohaguro e o tempo em que dentes pretos eram um sinônimo de beleza 

Segue adaptação:


"Antigamente no Japão, possuir os dentes brancos não era sinônimo de beleza, o que predominava era justamente o contrário: dentes enegrecidos através de uma técnica ancestral denominada Ohaguro (Dentes Negros). Essa tradição foi iniciada durante o período Nara que vai dos anos 710 ao 784 da história do Japão e quem a originou foi a Imperatriz Genmei quando estabeleceu a capital na atual cidade de Nara.


O Ohaguro consistia em tingir os dentes de preto com tinta, óxido de ferro, saquê e chá. Os dentes deviam ser pigmentados continuamente para que sua cor negra se mantivesse sempre intensa.
Por outra parte, também era considerada uma forma efetiva de proteger os dentes das cáries.
No princípio, somente as mulheres das classes sociais mais altas quando chegavam à idade adulta, lançavam mão desse artifício estético, mas a tradição se estendeu ao resto da população feminina.



Foi durante o período Edo (1603-1868) quando se converteu em uma prática em massa e foi utilizado por todas as mulheres como símbolo de que estavam casadas. Em 1870 a  Imperatriz apareceu pela primeira vez em publico com os dentes brancos, posteriormente o governo proibiu a prática de Ohaguro, convertendo com o tempo em algo obsoleto."




Detalhes adicionais

O motivo da proibição por decreto imperial, não poderia ser mais interessante caros cupinchas. Acontece que por volta dos anos 1860, o Japão estava passando por uma reforma em sua política e cultura devido ao comércio internacional. Como o Japão recebia uma influência direta da França e Inglaterra em vários níveis, mas principalmente nos costumes sociais, visando uma certa ocidentalização, o governo naquele cenário histórico não queria descuidar da própria imagem perante os europeus, já que estes por sua vez, consideravam o ato de enegrecer os dentes, algo feio e primitivo.


Evidentemente que apenas um único decreto não seria capaz de inibir um costume tão antigo e foram promulgadas 3 proibições nos 1868, 1870 e 1873. Apesar da prática ter reaparecido no final do período Meiji (1867-1902), o Ohaguro se tornou praticamente extinto, ficando restrito ao teatro, aprendizes de gueixas (Maiko) alguns festivais e ocasionalmente em programas de humor, já que os japoneses fazem piada hoje em dia com essa antiga prática.


Composição e uso no período Edo

O principal ingrediente da tintura, era uma solução marrom-escura de acetato férrico chamado de Kanemizu, feito de uma dissolução de limalha de ferro em vinagre. Quando a solução era combinada com um adstringente natural como a "noz de galha" (formação anômala das folhas e brotos do carvalho) ou pó de chá, o composto se tornava preto e não solúvel em água, da mesma maneira que a tinta ferrogálica é produzida. O produto final era chamado de Fushiko.

Estima-se que 35 milhões de mulheres eram adeptas do Ohaguro no período Edo e tingiam os dentes praticamente todos os dias, o que leva ao resultado impressionante de 20 toneladas de Fushiko por dia. Como o produto de beleza não era barato, uma receita mais em conta foi criada consistindo de um pó fino de "noz de galha", combinado com concha de ostra e ácido sulfúrico.

Receitas Riso For 

Evidentemente que os cupinchas, aliás, as cupinchas não poderiam sair daqui do rusmea.com, sem saber as receitas (Achei várias  Riso For ) para pretear os dentes Riso For assim que eu passo as fórmulas para que obtenham o produto em casa, apesar de que não aconselho pois o bagulho fede barbaridade Riso For 

Ferva por uma hora, umas 3 colheres de sopa de chá verde em 500ml de água e adicione pó de carvão de bambu.
Depois, coe o chá e insira um pedaço de ferro. Na foto foi usado uma chapa de ligação, comumente utilizado em carpintaria, mas podem ser pregos enferrujados mesmo, apesar da cor ser alterada conforme a cor do metal. (Quanto mais escuro, melhor) 
Deixe a mistura descansando por um dia e a mistura estará pronta quando der para escrever.

Lixe a superfície e...Ops! Riso For 
Isso mesmo cupinchas, por incrível que pareça, o mesmo produto que era usado para passar nos dentes, hoje em dia é utilizado para pintar altares, portões e em artesanato Riso For

Uma outra fórmula consiste de água, sal, mirin (vinho de arroz com açúcar), açúcar, arroz mofado, metal enferrujado e folhas de chá.
Queime os pregos 
Mergulhe os pregos em chá quente
Adicione o arroz mofado e o resto dos ingredientes
Guarde a mistura por 3 meses
Tampe o nariz, destampe o recipiente e passe o líquido nos dentes...

Ultimamente, no teatro, estava em uso a cera derretida com carvão, mas a "associação de pesquisas sobre Ohaguro da cidade de Koto" (LOL! Riso For Existe uma associação pra isso! Riso For rusmea.com), composta por historiadores e dentistas, desenvolveu um produto chamado de "Nuretsubame" e comercializa com as devidas recomendações históricas:

E aí manolas? Riso For 

Garanto que vocês vão ficar chiquérrimas com os dentes pretos Riso For

(A lenda sobre um monstro(Youkai) de dentes negros como a noite, fica para um próximo post Riso For)

Abrax^^

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

2 comentários:

Buffet Brasilia disse...

Nossa, que coisa estranha!! Em tempos onde as pessoas fazem coisas inimagináveis para deixar os dentes brancos é difícil imaginar que em algum lugar do mundo essa já foi uma prática de estética.

Rus mea disse...


De fato

Obrigado pelo comment

Abrax