Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

terça-feira, abril 15

Cápsula do tempo - a zona de segurança de Chipre

Fonte
Cupinchas! Riso For 
Ao ver este post, aliás, especificamente os carros abandonados zero quilômetros que me deixaram babando, senti que não podia deixar de compartilhar com vocês um pouco sobre esta zona de segurança em NicósiaChipre.
Não sei porquê, mas achei o lugar parecido com Pripyat a cidade fantasma perto da central nuclear de Chernobil...Riso For 

Segue adaptação:

"Este ano de 2014, marca quatro décadas desde que a Guarda Nacional do Chipre encenou um golpe que levou à intervenção militar turca e fez estalar a guerra civil entre as comunidades grega e turca da ilha.
Após o cessar-fogo, uma zona de segurança fortemente restrita, controlada pelas Nações Unidas, foi criada entre o norte e o sul. Ela se estende por 180 km ao longo de toda a ilha e mede 7,4 km no seu ponto mais largo e 3,3 m em seu ponto mais estreito.

O Aeroporto Internacional abandonado de Nicósia perto da cidade de Nicósia, Chipre, em 10 de março de 2014.
Por 40 anos, a zona de segurança - Uma terra de ninguém controlada pela Organização das Nações Unidas - dividiu Chipre de leste a oeste, com os gregos étnicos de Chipre vivendo no sul, e os turcos no norte. 
Em 1960, um governo de poder compartilhado desmoronou logo após a independência da Grã-Bretanha, e a ilha foi dividida desde que o golpe cipriota grego foi seguido por uma invasão turca do norte em 1974.
A zona desmilitarizada é restrita ao público em geral e não é permitido o acesso ao interior por não cipriotas gregos ou turcos. O fotógrafo da Reuters, Neil Hall, visitou recentemente a zona de segurança, que ainda contém ruínas e relíquias de tempos passados ​​- casas abandonadas, empresas e até mesmo um aeroporto.

Um jato de passageiros da Cyprus Airways, no Aeroporto Internacional abandonado de Nicósia.
Janelas de um avião de passageiros abandonado da Cyprus Airways.
Uma placa sinalizando uma cafeteria no aeroporto. 
Cartazes deteriorados revestem as paredes do Aeroporto.
Área de embarque de passageiros.
Um pombo voa e passa ante um outdoor em ruínas.
Decorações em uma parede do aeroporto.
A torre de vigia fica ao longo da zona de segurança das Nações Unidas, no distrito de Famagusta, norte do Chipre.
A rua encontra-se abandonada na zona de segurança da ONU, no centro de Nicósia.
Um sinal marca o limite da zona de segurança das Nações Unidas, na aldeia de Pyla, Chipre, em 11 de março de 2014. 
Pyla é uma das poucas aldeias da zona de segurança das Nações Unidas e é o lar de uma comunidade mista de gregos e cipriotas turcos. 
A cozinha de uma cafeteria abandonada dentro da zona de segurança.
Televisores velhos encontrados e recolhidos pelos soldados em uma área comercial abandonada na zona de segurança.
Uma antiga rua comercial dentro da zona de segurança.
Objetos encontrados e recolhidos pelos soldados em uma área comercial abandonada na zona de segurança.
Garrafas em uma mesa de uma lanchonete abandonada dentro da zona de segurança.
Uma casa abandonada, com buracos de balas, sacos de areia defensivos e posições de tiro, vista por trás de arame farpado dentro da zona de segurança.
Carros abandonados estacionados em um antigo centro comercial dentro da zona de segurança da ONU, no centro de Nicósia, em 12 março de 2014. 
Os carros foram importados do Japão para serem vendidos em uma concessionária da Toyota. Eles foram armazenados aqui durante o conflito de 1974 e não foram movidos desde então. 
Uma etiqueta de importação na janela de um carro deixado na zona de segurança.
Carros de 1974 jazem abandonados em uma garagem subterrânea na zona de segurança da ONU, em Nicósia, em 12 de março de 2014. 
Alguns dos carros, ociosos por quatro décadas, tem apenas 52 km no hodômetro. 
Um sinal de aviso em um muro, marca o limite da zona de segurança.
Pessoas sentadas ao lado de uma parede, que bloqueia o acesso à zona de segurança da ONU, na área grego cipriota controlada, no centro de Nicósia, em 14 de marco de 2014. 
Uma bandeira iluminada da auto-declarada República Turca de Chipre do Norte, reconhecida apenas pela Turquia.
Os viajantes passam por um controle de passaportes para entrarem no norte do Chipre. 
Do outro lado da ilha de Chipre, existem seis postos de fronteira, permitindo o movimento entre o norte e o sul da ilha. 
Há controles de passaportes nas fronteiras, embora a República Turca de Chipre do Norte não é reconhecida oficialmente pelo Conselho de Segurança da ONU. 
As pessoas atravessam as fronteiras por trabalho e lazer e ambos os cipriotas gregos e cipriotas turcos podem circular livremente.
Um homem pesca no mar ao lado de um sinal que marca o limite da zona de segurança da ONU no Distrito de Famagusta do Chipre em 11 de março de 2014.
Um gato sobre barris que bloqueiam a entrada em uma rua que agora está dentro da zona de segurança da ONU.
Vista da cidade dividida de Nicósia, abrangendo ambas áreas turcas e grego cipriotas-controladas e a zona de segurança.
Crianças brincam em um parque próximo a uma cerca que marca a zona de segurança da ONU, em uma área parcialmente restrita na área Turca cipriota controlada, no centro de Nicósia, em 15 de março de 2014."



Abrax

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

6 comentários:

Fideco disse...

Interessante, não sabia da existência dessa zona de segurança, pensei que existisse somente entre a Corea do Norte e Corea do Sul.

Fui ver no googlemaps, onde fica isso.

Abs

Rus mea disse...


Pois então Fideco, eu tinha uma vaga noção de que havia ocorrido um conflito nessa parte do mundo...

Mas nem imaginava que havia uma zona de segurança...Oõ

(Tu viste os carros?^^ Que vontade de pegar um, colocar debaixo do braço e sair correndo^^ kkkkkkkkk^^)

Arigatou pelo comment^^

Abrax^^

Anônimo disse...

Faço Relações Internacionais e sempre fico encantado e com vontade de ir a todos os lugares que já vi aqui no Rusmea!! Amo esses posts

Rus mea disse...


Obrigado pela preferência^^

Eu fico muito contente em saber que estes posts agradam e comentários como o seu, me revigoram o ânimo^^

Arigatou pelo comment^^

Abrax^^

Anônimo disse...

Por nada!! e só pra tirar esse "anônimo"... meu nome é Fábio, tenho 25 anos e moro em João Pessoa - PB. Continua postando aí que curto muito!!

Rus mea disse...


Opa!^^

Sem dúvida Fábio, vou continuar postando sobre lugares pelo mundo^^

Grande abrax^^