Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

quinta-feira, março 27

O torneio internacional de comer Nattō

Fonte

Cupinchas! Riso For
No comidinhas do rusmea de hoje, mantendo a essência deste blog de culinária, Riso For compartilho com vocês um pouco sobre o torneio internacional de comer Nattou em alta velocidade no japão Riso For

Antes de mais nada:
Nattou ou Nattō é um alimento tradicional japonês, feito de soja podre fermentada, popularmente degustado no café da manhã.
Para alguns, o Nattou é inaceitável devido ao seu poderoso cheiro de...Chulé...E consistência ultra-pegajosa, tanto que só é saboreado em algumas regiões do país. Particularmente, este que vos escreve rusmea.com, adora essa iguaria! Riso For

Ok! Riso For Explicado qual é o farnel, a partir daqui o post fica por conta da repórter Kon Inoue do site Youpouch, que se inscreveu na competição nos brindando com esta reportagem exclusiva Riso For 

Segue adaptação:


"Olá. Sou a Inoue que tem feito reportagens sobre restaurantes populares para o site Youpouch.
Caçar restaurantes noturnos que servem comidas e bebidas (Izakaya) é muito bom, mas parece uma coisa de destino. Assim que é preciso mostrar empenho, do contrário o que faço não pareceria uma trabalho. Portanto, decidi me inscrever no 13º torneio internacional de comer Nattou em provas de velocidade, realizado no dia 22 de março na cidade de Mito, província de Ibaraki, Japão. (Patrocinado pela associação de turismo de Mito)

(Esta é a simpática repórter Kon Inoue, que participou do estranho torneio Riso For rusmea.com)

O local do torneio foi no parque Kairaku, próximo da margem do lago, onde as ameixeiras se abriram em flores. Entre adolescentes e pessoas com mais de 60 anos, eram 90 homens e 47 mulheres, todos reunidos para a fase de qualificação de 14 membros por turno. Apenas os 10 primeiros colocados homens e as 5 primeiras colocadas, poderiam avançar em direção à final do campeonato e senti um calafrio ao saber da baixa porcentagem de vitória...

Entre os participantes, obtive as seguintes impressões:
'Eu tenho praticado todos os dias e tenho participado de todas as edições do torneio sem sucesso, devido a que o campeão é realmente muito forte...' Entre comentários como este, que mais parecem ter saído de um documentário, por outro lado houve quem dissesse que: 
'Há 1 ano atrás eu soube do torneio pela televisão e achei divertido, por isso decidi participar!' Opiniões populares como essa, também florearam o evento me fazendo refletir sobre a diferença competitiva entre os participantes.

A quantidade de Nattou por competidor é a seguinte:

Fase de qualificação: 
Homem 310 gramas de arroz e 90 gramas de Nattou
Mulher: 210 g de arroz e 90 g de Nattou

Final:
Homem: 350 gramas de Nattou puro
Mulher: 210 g De Nattou puro

(Só lembrando que as caixinhas de Nattou, comercializadas em super mercados, possuem apenas 50 gramas)

A iguaria utilizada no torneio não poderia ser mais adequada a um evento dessas proporções.
Foi utilizado o Nattou enrolado em palha, uma atração da cidade de Mito.
Como característica, seus grãos são maiores que os comumente comercializados e a consistência é ainda mais pegajosa. Na fase de qualificação, o Nattou é servido com arroz, possuindo tanto volume que por um momento eu cheguei a pensar que estava em uma competição de quem come mais e não em um torneio de velocidade.

A competição inicia. O que poderia atrapalhar os competidores, era a consistência extremamente pegajosa da iguaria...

Entre mascotes do evento e personagens de séries famosas, a batalha tem início.
Por sorte ou azar, eu acabei tendo de participar na primeira rodada classificatória, posicionada bem no meio da mesa colocada para o evento.
Quando fico em frente de um monte de gente, eu me sinto completamente desolada e minhas pernas fraquejam...Aos poucos vi o meu apetite ir embora...

Com o grito de 'Já!' do anunciante, os participantes se aproximam das tigelas onde os palitos são movimentados de modo frenético.

Caros leitores, com certeza vocês imaginam que em se tratando de Nattou, é só dar uma misturada e deixar escorrer goela abaixo para vencer uma competição dessas...
Mas como disse antes, o Nattou enrolado em palha tem a consistência poderosamente mais pegajosa do que o comum.
Por mais que se abra a boca e se tente escorrer, o grude simplesmente não entra. Em pânico eu pensei: 'O que é isso? A viscosidade é tão forte que não consigo tragar!'.

Para piorar, devido ao vento na beira do lago, os meus cabelos acabaram se enrolando nos grãos, gerando uma situação de emergência, pois a regra desta competição, diz que caso sobre um único grão na mesa ou na roupa, o competidor é imediatamente desclassificado. Para falar a verdade, senti vontade de chorar ao ver aquilo grudado nos meus cabelos.

Após 1 minuto do início da competição, uma voz sonora anuncia que alguém terminou o seu prato lá na ponta da mesa.

'O quÊ? Alguém já Terpinou de cmer?

Não posso perder de maneira nenhuma...Pensei...Pois eu sou a representante* do site Youpouch oras!(Acho...) Abrindo a laringe, a faringe, no auge das minhas forças eu terminei de engolir a guloseima.
*(E de modo informal, representante do rusmea.com após esta tradução Riso For To torcendo por ti manola! Riso For 
UUUooooohh!! Uma magnífica explosão de velocidade no finaaaal!
O meu tempo foi de 2 minutos e 37 segundos!
Apesar da dificuldade causada pela viscosidade, eu consegui! Me senti orgulhosa com meu próprio empenho. Para falar a verdade, desde o começo que o meu objetivo era vencer a competição e me tornar a campeã! Poxa! Viajei 2 horas de Tókio só para competir! Não me importo que saiam grãos de Nattou pelo meu nariz, se for para vencer eu...O quê?! Fui desclassificada?!
Para passar para a final, era preciso devorar o grude em aproximados 1 minuto e 20 segundos...

A final...O universo  em que 1 segundo conta... 

O local do evento ficou carregado por uma atmosfera competitiva entre homens e mulheres, objetivando o troféu.
Na categoria masculina, o campeão, o Sr. Kamiyama, limpou o prato em 20 segundos, batendo o seu próprio recorde e obtendo o título (Mais uma vez) de comedor de Nattou mais rápido do Japão. Na categoria feminina, a participante Takeya, devorou 210g em 37 segundos, se tornando a campeã mundial de velocidade em comer Nattou.

Quando as flores de ameixeiras desabrocharem no ano que vem, o torneio voltará a ser realizado. Devido a que a inscrição é gratuita, convido a todos que participem dessa deliciosa competição.

A viscosidade é tão aderente, que a tigela é erguida junto com os grãos. 
A professora de Inglês, Ema da Nova Zelândia disse:'Eu gosto de Nattou, mas era muito volume'. 
O Senhor Oponpon que auxiliou na reportagem, tomando as fotos, empolgou o evento, participando da prova com traje de banho.
Muitos tiveram dificuldade em desembalar o Nattou da palha
Se pode ver pela foto a potência da iguaria servida aos homens, pesando 350 g
Beber água durante a prova é o atalho para a vitória
A campeã Takeya disse que: 'Nattou é uma bebida!'
O prêmio de participação não poderia ser outro: Nattou e arroz! A cidade de Mito é muito generosa!"
Riso For A corajosa repórter do Youpouch finaliza esta reportagem com a recomendação de que caso visitem a cidade de Mito, que não deixem de apreciar as ameixeiras em flor Riso For 



Vídeo que mostra a fase de qualificação do torneio Riso For O de roupa azul é o campeão Riso For:

Vídeo do 12º torneio

DILIÇA!! Riso For DILIÇA!! Riso For DILIIIIIIIIIIIÇA!! Riso For

Abrax^^

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

2 comentários:

Flávio Augusto disse...

Por mais que seja cultural... tem coisas no Japão que ultrapassam o limite da bizarrice.

Rus mea disse...


Obrigado pelo comment

Abrax