Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

terça-feira, março 18

O museu da inquisição de Lima - Peru

Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte 



Cupinchas!
Compartilho com vocês, um pouco sobre o museu da inquisição em Lima, Peru e suas representações de tribunais, masmorras e torturas...
Um lugar que mostra uma parte importante da história da inquisição na América do Sul.

Segue adaptação:

A Inquisição no Peru, foi criada pelo rei Felipe II em 1569 e foi posta em funcionamento um ano depois.
Seu poder foi sentido até 1820, apesar de que essa instituição já estava abolida em Cádiz, na Espanha, em 1813.

Sua finalidade seguiu o mesmo caminho que sua matriz espanhola: defender a fé católica acima de todas as coisas. O número de processos no Peru, foram de 1474 pessoas e 32 condenados à pena de morte. As acusações mais frequentes eram os de difundir publicamente as proposições heréticas. - Segundo o tribunal, o herege atentava também contra o estado e a ordem pública além da religião. Em conseqüência os reais alcances do delito de heresia não só incluíam fatores teológicos mas sim, muito mais, políticos, sociais, econômicos e culturais.

Segundo as atas do Tribunal, entre a tipologia dos processos levados a cabo pela Santa Inquisição, figuram as acusações de: delitos contra a fé (luteranos, judaizantes e mouriscos), expressões malsoantes (blasfemos ou renegados) contra o santo oficio, delitos sexuais (bígamos ou solicitantes) e práticas supersticiosas (invocações do demônio, feitiçaria e quiromancia).

Pátio principal*
*(O Pátio Sevilhano com bonitos azulejos, onde predomina a cor verde típica do Santo Oficio. Nele destacam os nomes do primeiro inquisidor Serván de Cerezuela e a data de criação do Tribunal limenho (1569), assim como os dos últimos inquisidores, Anselmo Pérez do Canal e José Mariano de Larrea e o ano em que deixou de funcionar o Tribunal (1820).NDT. rusmea.com)

Essa foi a história, vejamos o museu que guarda tudo sobre esta funesta organização e seus processos. O prédio é o antigo Senado Nacional que tem a função de conservar e difundir o patrimônio histórico.

Sala do tribunal
Dentro do Museu se pode percorrer diferentes salas situadas em dois andares e um subsolo. A Sala de audiências, a Sala dos processos, Sala dos autos de fé, Sala das celas secretas, Sala das sentenças e Câmaras de Tormentos. Esta última era utilizada quando o réu havia caído em contradições manifestas em suas declarações ou quando tendo numerosas testemunhas o processado se negava a declarar. Os tormentos eram supervisionados por inquisidores e médicos. Nestas sessões estava proibido o derramamento de sangue e só foi aplicada entre 6 e 9% dos casos.

O Teto ornamentado

Perfeitamente ambientado, suas paredes nos deixam um sabor de angústia, similar a todo lugar que jogou com a vida e com a morte. Algumas salas têm algo especial, talvez como dizem os sensíveis: vozes abafadas que murmuram ao pé do ouvido...
O Museu recebe por ano, mais de 200 mil turistas de todo mundo, é um dos edifícios históricos mais visitados da cidade e um com o maior conteúdo histórico-cultural do país, sendo o melhor que existe dentro do tema.

Representação de réu e tribunal
No andar principal, podemos encontrar a sala de audiências: nela os inquisidores realizavam as audiências dos processos e acusações. Também eram efetuados outros atos protocolares e cerimônias próprias da instituição tais como atas menores ou autos de fé privados.
Abolida a Inquisição, desde os inícios da vida republicana até 1939, esta sala serviu como sala de sessões do Senado Nacional. Existe um Quiosque Multimídia onde é explicada a História da Inquisição no Peru e no Mundo.

Um caminho subterrâneo

Representação de um réu na masmorra
A cela por dentro

A câmara de tormentos**
**(A câmara dos tormentos, era utilizada em casos extremos. Dizem que o emprego da tortura pelo Tribunal foi limitado. Supervisionado pelos inquisidores e médico, não era permitido o derramamento de sangue e as sessões tinham uma duração média de 15 minutos. NDT. rusmea.com)

Vista geral da câmara de tormentos
Representação da tortura do potro**
**(O potro era uma espécie de mesa de madeira em cima da qual, o torturado era colocado tendo os seus membros atados a um torno que retesava as cordas aplicando uma grande pressão nos membros da vítima. NDT. rusmea.com)

Representação da tortura com água

Representação do Garrote vil
Representação da tortura da polé 
(Garrucha em Espanhol e Strappado en Inglês, a tortura da polé em Português, consistia em atar com uma corda os braços do padecente voltados para trás e prende-los na ponta de uma corda, que passa por uma roldana. NDT. rusmea.com)



Representação da tortura do chicote
Algema de madeira para pés e/ou tortura da cabra**
**(Não encontrei descrição para esta imagem, mas suspeito de que seja a tortura da cabra.
Este método foi bastante utilizado na Idade Média e consistia do condenado ter as canelas aprisionadas em uma algema de madeira, onde untavam as plantas dos seus pés com sal ou sebo. Uma cabra atraída pelo condimento, começava a lambê-los e apesar das cócegas iniciais, logo a aspereza de sua língua atravessava a pele e deixava os pés do réu em carne viva, em ocasiões chegando até os ossos. NDT. rusmea.com)

As ferramentas de tortura
Representação de como o réu era vestido com um "Sambenito"**
**O "Sambenito", era uma espécie de túnica com "chapéu de burro", utilizado originalmente por penitentes católicos para demonstrar em público o seu arrependimento e mais tarde, usado pela inquisição para assinalar o condenado pelo tribunal, se tornando o símbolo da infâmia.

O Museu abre todos os dias da semana das 9 a.m. até as 5 p.m.
A entrada ao Museu é gratuita.
Endereço: Museu de la Inquisición y del Congreso
Praça Bolivar
Lima, Peru

Abrax

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

5 comentários:

Anônimo disse...

igreja católica,sempre muito profissional e criativa nos seus esforços de redenção terrena...

Rus mea disse...


Um tanto diferente do que aconteceu na Europa, mas ainda assim, não deixa de ter sido um absurdo

obrigado pelo comment

Abrax

Joel Soares disse...

Perseguição aos cristãos que serviam a Deus e as escrituras sagradas, perseguidos pelos bispos com o poder que Roma os concedeu, querim pra si e para governos toda glória que era dada a Deus. Eles eram os verdadeiros hereges, considerado pelos historiadores como o período mais escuro da história da humanidade.

Joel Soares disse...

Perseguição aos cristãos que serviam a Deus e as escrituras sagradas, perseguidos pelos bispos com o poder que Roma os concedeu, querim pra si e para governos toda glória que era dada a Deus. Eles eram os verdadeiros hereges, considerado pelos historiadores como o período mais escuro da história da humanidade.

Joel Soares disse...

Perseguição aos cristãos que serviam a Deus e as escrituras sagradas, perseguidos pelos bispos com o poder que Roma os concedeu, querim pra si e para governos toda glória que era dada a Deus. Eles eram os verdadeiros hereges, considerado pelos historiadores como o período mais escuro da história da humanidade.