Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

terça-feira, fevereiro 18

Rangoli - os tapetes de boas-vindas aos deuses

Cupinchas! Riso For 
Rusmeando pelo Kuriositas, encontrei esta matéria sobre estes belos tapetes coloridos e não podia deixar de compartilhar com vocês Riso For 

Segue adaptação:

"Em toda a Índia predominantemente hindu, uma arte popular tem sido praticada há muitos séculos. Conhecida como Varyingly Kolam, Muggu e Mandana (entre outros nomes nessa nação enorme e diversificada), a arte de Rangoli é criada usando arroz tingido ou areia, farinha e pétalas de flores. Significa uma zona acolhedora sagrado para as divindades hindus. Como um tipo de boas-vindas.


Rangoli é o mais multicolorido dessa tradição e utiliza uma vasta gama de materiais. Kolam, por outro lado, normalmente segue linhas mais geométricas com um padrão de pontos cercados por uma série de curvas interligadas, apesar de que mais cores são adicionadas em feriados e em ocasiões especiais. Ao longo de muitos estados indianos, incluindo Tamil Nadu, Rajastão e Uttar Pradesh, variações regionais podem ser encontradas, cujos desenhos mostram as tradições e preferências dos habitantes locais.





As vertentes diferentes dessa prática cultural têm uma série de outras coisas em comum. De um modo geral, esses padrões são criados na frente das casas dos adeptos hindus por seus habitantes. 
Como o chão é lavado antes do Rangoli ser aplicado, não é preciso adivinhar o dobro do habitual para saber que a maioria são mulheres as artistas. Uma vez que se pode imaginar, que essa tradição talvez tenha evoluído como uma tentativa de fazer esta tarefa doméstica, um pouco mais interessante enquanto que ao mesmo tempo, reconhecer os deuses e trazer sorte ao lar.


Esta não é uma prática ocasional. Todos os dias, milhões de mulheres passam pelo ritual e desenham padrões no chão do lado de fora de suas casas. Muitas vezes (especialmente na tradição do Kolam) são simplesmente feitos com pó de arroz branco - a geometria tem precedência sobre a cor. No entanto, como a arte é temporária, os padrões geralmente desaparecem dentro de 24 horas, erosionados pela chuva e vento, assim que novos são desenhados no dia seguinte.



Velhos e jovens, ricos e pobres, o Kolam ou Rangoli são aplicados com fervor espiritual em grande parte do país. É claro que a complexidade dos padrões dependem de tempo e recursos, mas a falta de ambos não pára os fiéis.




Os restos dos padrões do dia anterior (Se restar algum), são lavados e um novo é aplicado diretamente sobre a superfície molhada, assim que esse novo desenho se mantém por um período mais longo de tempo. O inconstante tapete de boas vindas é um sinal a todos de que eles são bem-vindos na casa, especialmente Lakshmi, a divindade hindu da personificação da beleza, da prosperidade e da riqueza, tanto do material como da variedade espiritual.



Em festivais especiais, como Diwali, Onam e Pongal, os padrões se tornam maiores, mais complexos e as cores são permitidas para explodir em uma profusão de alegria e celebração. Para ocasiões especiais, como um casamento, muitas vezes se estendem por toda a rua. Em algumas áreas, as mulheres jovens antecipam muito o mês de Margazhi e então, elas estendem os seus padrões do seu lado da rua até o outro lado. No entanto, elas ainda devem aderir a uma regra simples: Os padrões devem sempre juntar as linhas para que os maus espíritos não possam entrar nas formas. Deste modo, o folclore diz que eles não podem entrar na casa também.



As cores utilizadas são intensas e quase tão impressionantes antes de serem vendidas para os artistas, como após a arte ser criada.


Enormes Rangolis como estes, desenhados por vários artistas que trabalham em sincronia, adornam as ruas de Pune durante o festival de Ganesh. Toda a cidade vai para as ruas, dançando e balançando nas batidas mais enérgicas da procissão musical. É uma celebração de sua arte, história e cultura.



O uso de pó de arroz era tradicionalmente difundido por outra razão. Como uma arte comestível, os rangoli ou kolam seria comidos por formigas, pássaros e outros animais e por isso a arte também se tornaria um símbolo da coexistência harmoniosa com todas as criaturas. Como tal, muitos rangoli evoluíram para manifestar animais como pavões e veados, como acima.



Embora os padrões geralmente têm sido transmitidos de geração em geração, a ciência da computação recentemente adentrou esse território.
Os elementos matemáticos de Kolam em particular, têm sido estudados de perto. Algoritmos foram criados para desenvolver e evoluir o estilo e design de kolams mas não se sabe quantos desses novos padrões gerados por computador têm sido adotadas nas diversas comunidades que praticam esta arte incrível e antiga."


Show né cupinchas? Riso For 

Abrax

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

Nenhum comentário: