Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

quarta-feira, janeiro 29

Ikeshima - a ilha semi-abandonada dos gatos no Japão

Fonte Fonte Fonte


Cupinchas! Riso For
Ikeshima é conhecida como mais uma ilha dos gatos no Japão (Na verdade, descobri ao fazer esta matéria, que existem várias ilhas paraíso de gatos por lá Riso For) Acontece que ela está quase que completamente abandonada, salvo por uma pequena área habitada e uma população de apenas 283 pessoas (Censo de 2005) Particularmente, eu acho que esta ilha está no mesmo caminho que a célebre Gunkanjima...Riso For

Segue adaptação:


Imagem de Ikeshima no começo da exploração em 1952
Imagem de Ikeshima no começo da exploração em 1952
"Nome: 
Mina de carvão de Ikeshima
Localização:
Província de Nagasaki

Ikeshima, a ilha afastada de Nagasaki e também conhecida como 'ilha dos gatos'.
Esta é a localização da última mina de carvão de Kyushu, definitivamente fechada no ano de 2002 (Ano 14 da era Heisei).
As instalações mineradoras juntamente com os conjuntos habitacionais abandonados desta ilha, são um verdadeiro sonho para os exploradores urbanos.
Apresentamos aqui, as várias fotos tomadas durante o verão e inverno na ilha.
O salão central municipal de Ikeshima, é a única instalação que oferece hospedaria na ilha para quem vem de fora.
É um alojamento limpo, confortável e em bom estado.

Além do mais, é sensacional poder avistar da sacada, as instalações mineradoras.
(O interior do "hotel" - Imagem do blog.ikeshima.info. NDT. rusmea.com)
Deixamos as nossas coisas no alojamento e decidimos dar uma passeada.
Uma das atrações da ilha, são os vários complexos habitacionais abandonados.

Chegaram a viver mais de 8000 pessoas, na idade de ouro de Ikeshima.
Atualmente, a população está reduzida a algumas centenas.
Este prédio é o maior e com o formato mais estranho da ilha...
Sua forma singular, esconde um segredo...

...Bem no meio da construção de 8 andares, há uma espécie de parapeito...
...Esse parapeito está interligado com um corredor que leva a parte de trás do prédio.

Ainda por cima, ao aproveitarem a inclinação do terreno, foram diminuídos os lances de escadas que levam ao andares superiores.
Por esse motivo, não há elevadores nos complexos habitacionais de Ikeshima.
Será que em uma eventual emergência, todos se reuniam para carregar algum doente?

No andar térreo do imenso complexo habitacional, se encontra um quarto de banhos comunitário.
Os canos expostos chegam a ter um aspecto selvagem...

Esta é a 'banheira para 1000 pessoas de Ikeshima' (Eu duvido um pouco que caibam 1000 homens nessa banheira... Riso For Aliás... Riso For Não quero nem imaginar 1000 funcionários pretos de carvão, apertadinhos num troço desses! Riso For  Vai pra luz desgrama! Riso For rusmea.com)
Vamos dar uma conferida e uma das habitações.

Há uma mensagem na porta de entrada de um dos apartamentos. 
(A mensagem assinada por 5 membros da família Fukae, datada de 20 de março de 2002, diz o seguinte: "Ikeshima foi uma ilha do tesouro. Obrigado às pessoas de Ikeshima. Adeus Ikeshima". NDT. rusmea.com)

Aquilo que se deve proteger...
(O primeiro decalque de cima para baixo diz: "O desafio da política nacional"
O segundo decalque como o desenho dos "guaxinins" (tanuki), é do sindicado dos mineradores de carvão e ressalta os slogans: "Como é quentinho o carvão japonês" e "Vamos preservar o (uso do) carvão nacional", e o último decalque é um tipo de "Sempre alerta", bastante comum em fábricas ou onde seja necessário prestar a atenção. NDT. rusmea.com)

A ferrugem já começa a tomar conta das portas dos apartamentos.

Uma fina camada de poeira começa a se acumular nos móveis e sobre o piso tradicional (tatame).

Tudo indica que o motivo de quase todas as portas possuírem decalques variados...
...Seria para impedir que os respectivos maridos, errassem de porta ao voltarem bêbados pra casa.
(Eu tive que rir dessa! Riso Forrusmea.com)

O complexo habitacional se estende até o outro lado.
Sei que a constatação é óbvia...Mas em cada apartamento, vivia uma família não é mesmo?

Em um canto do complexo, há uma pequena pracinha.

O que seria isso? Um animal?
Encontramos também, o que restou da estrutura de um dos brinquedos.
A área proibida de Ikeshima

Daqui em diante, um caminho nos leva à mina de carvão.

Após uma longa escadaria...

...Eis que nos  espera a torre vertical sobre o fosso de exploração, o símbolo da mina de Ikeshima.

Olhando para o lugar de onde viemos, se pode ler as letras de 'Bom trabalho' na placa ao alto.

As fotos que apresentaremos a partir daqui, foram tomadas das propriedades privadas das empresas que ainda estão em operação no local.
Normalmente a entrada é proibida, mas desta vez nos autorizaram a visita e tomada de fotos do interior das instalações.
Aqui apresentamos um blog em que se pode obter as informações de como fazer turismo pela ilha:

Este blog de Ikeshima, possui todas as informações necessárias.

Nós recomendamos o acesso ao blog e seu conteúdo, à todos que tenham interesse em conhecer a ilha.

O passado, o presente e o futuro da mina de carvão

O respectivo blog é mantido pelo nosso cooperador local, o Senhor Kenichi Kojima.

Ele é fotógrafo e famoso por presidir o grupo de excursões 'Shakaika Kengaku ni Ikou!' ("Vamos sair em turnê para estudo da sociedade!" NDT. rusmea.com)

A oportunidade surgiu quando ele foi fazer uma reportagem sobre Ikeshima, desde então...

...Ele passou a morar na ilha e obteve o cargo de funcionário da cidade de Nagasaki, onde trata de apresentar o charme da ilha através do blog.

Mas o grande charme de Ikeshima, é o fato de pessoas ainda viverem lá.

Restam muito objetos e instalações que narram a história mineradora da ilha.

Atualmente, existem empresas de reciclagem que estão tratando de reaproveitar essas ruínas.
E também, há os apaixonados por lugares abandonados que visitam a ilha com bastante frequência, gerando um tipo de turismo.
Realmente é um lugar misterioso, que comparte uma pequena cidade em atividade, com muitos lugares abandonados.

Esta é a plataforma de embarque do imenso elevador, que levava através do fosso vertical, maquinários e pessoas às profundezas da mina.

E estes são o gigantesco motor e a polia do elevador.
A velocidade do elevador era controlada pelos 2 manches que aparecem na imagem da sala de controle.

Restam muitas instalações de guindagem com rolos de cabos como estes, espalhados por toda a ilha.
A ilha inteira mais parece ser um museu com a história da mineração.
A estreiteza da ilha é constatada, ao não se sentir a necessidade de um veículo para fazer todo o percurso de 4 quilômetros de suas redondezas, que normalmente se faz a pé.
Uma pequena ilha com muitas instalações mineradoras...

...Cujas perfurações deixaram 96 quilômetros de túneis abaixo do fundo do mar.
Para ganharem tempo ao fazerem o percurso subterrâneo, foi introduzido um carro de mina elétrico que alcança os 50km/h.

(Acho que ele se refere a este veículo cupinchas! Riso Forrusmea.com)
A propósito, vocês sabem quanto era o salário de um funcionário de mina de carvão?
Incrível, mas ganhavam mais que o dobro de um trabalhador de escritório. 
(O valor do salário varia conforme o tipo de empresa, mas basicamente, um trabalhador de escritório no Japão, recebe uns 6 milhões de Ienes por ano, ou aprox. uns 60 mil Dólares, ou aprox.120 mil reais...Ou seja, que os mineradores de Ikeshima ganhariam mais que o dobro desse valor. NDT. rusmea.com)
Naturalmente que nesse valor, entrava o risco de vida e a dureza do trabalho. 
Eu acho muito lindo quando o homem obtém o sustento de sua família, através de suas técnicas e da força de seus braços.
No circuito de mineração de Ikeshima, se pode ver ainda o local de trabalho desses funcionários.
A banheira gigante era imprescindível para lavar a fuligem do mineradores, que saíam pretos dos túneis, após um dia de trabalho.
As curvas da estrada de ferro, que nos levam à uma parte da mina, possuem ângulos fortes em suas curvas.
O lugar é dominado pela escuridão e pelo cheiro de terra.

Escavar com uma broca diamantada gigante, deve ser o sonho de todo homem...
(Não é não! Riso Forrusmea.com)
Eu sinto que a situação de Ikeshima, simboliza bem o estado atual do Japão...

...Vencendo a miséria do pós-guerra e alcançando uma avançada economia...

...Apesar das voltas e reviravoltas com a crise do petróleo e da ruptura da grande bolha econômica...


...Uma corrente de perdas, ou melhor, um ciclo vicioso interminável...

...Em toda e qualquer situação desesperadora, as pessoas de Ikeshima se empenharam ao máximo...

...Inclusive aqueles que deixaram a ilha em vista do fim da exploração de minério e os que continuam morando felizes na ilha.

É por isso que eu digo: Se o Japão se esforçar, tudo ficará bem."
(Tá manolo...Mas cadê os gatos?! Riso For rusmea.com)

"Ikeshima é também a ilha dos gatos.

*O gato de rua com um peixe na boca...
...Convida a todos que estejam cansados...
...E que queiram se sentir bem, para que visitem Ikeshima."

*("O gato de rua com um peixe na boca..." É uma referência ao começo da canção de abertura do desenho animado Sazae-san Riso For NDT. rusmea.com)
Devido a falta de gatos na reportagem destes manolos exploradores, este que vos escreve, rusmea.com, adicionou estas imagens dos gatos de Ikeshima, oriundas do site www.kasako.com para nossa alegria Riso For 























Bônus:

Cupinchas! Riso For
No blog ikeshima.info indicado pelos exploradores desta reportagem, encontrei algumas informações curiosas sobre esta ilha Riso For
Além do atual fluxo turístico, a ilha também é palco de "Matsuris", (festivais) como o da imagem abaixo em que as atividades consistiram de exploração pelas minas, passeios, arte com pedras e preparação tradicional de bolinhos de arroz glutinoso batido (Mochi).
Um outro evento formulado por 20 designers que organizaram uma visita especial a Gunkanjima e a Ikeshima...
...Consistiu de cobrir as paredes da lojinha que forneceu o café da manhã em Ikeshima, com assinaturas e desenhos dos participantes.
Em outubro de 2013 foi realizado um show de luzes DK (D.K. Dejitaru kakejiku = Pintura digital em pergaminho suspenso. NDT. rusmea.com) promovido pela equipe Mandakoh em Ikeshima, onde projetaram imagens diversas e aleatórias, nas instalações abandonadas da ilha. Esse espetáculo luminoso, já havia sido realizado anteriormente na ilha Gunkanjima.

Tudo isso para manter viva a economia e consequentemente, garantir o peixinho no prato de muitos gatinhos na ilha Riso For

Imagens:









Louco né cupinchas? Riso For

Abrax^^

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

Nenhum comentário: