Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

quinta-feira, novembro 7

O estranho ritual do petróleo no Japão

Fonte Fonte Fonte Fonte


Cupinchas! Riso For 
Compartilho com vocês um pouco sobre o mais antigo poço de petróleo do Japão, localizado no parque Sinkerton e a sua estranha exploração ritualística na outrora aldeia de Kurokawa, atualmente cidade de Tainai, província de Niigata, Japão.

Segue adaptação:


O poço de petróleo mais antigo do Japão, está localizado na atual cidade de Tainai, outrora conhecida como aldeia de Kurokawa (Kurokawa = Rio Preto. O nome se deve a que o rio que passa na região, ficava coberto por uma substância negra e fedida...Petróleo. NDT. rusmea.com)
Ainda hoje, o petróleo verte do chão em alguns lugares dessa aldeia que agora faz parte do parque Sinkerton e onde se cave pela área, se encontra o líquido preto à pouca profundidade.

"Poço de óleo", assim chamado, é considerado o mais antigo do Japão e está localizado no parque Sinkerton.
Sinkerton foi um médico Inglês que esteve no Japão no período Meiji (1867-1902), onde até aquele momento, os japoneses só extraiam o petróleo da forma tradicional, para não dizer de forma ritualística.
Através das instruções do médico, foi implantado um sistema de escavação e extração, que impedia as paredes do poço de ruírem. Com os devidos suportes, o petróleo passou então a ser extraído de forma eficaz e até comercial, surgindo assim, o primeiro poço de petróleo do Japão, uma verdadeira revolução nos meios de extração, naquele país atrasado do início do século 20.

A primeira plataforma de extração de petróleo do Japão.

O primeiro registro de petróleo no Japão, data do ano de 668 no período Yamato que conta: *"Koshi no kuni a terra que queima e a água que queima são idolatrados".
As crônicas históricas do século 8 possuem referências à "terra que queima" ou "o barro que queima", ou seja, que tratavam por esses termos o carvão mineral e o piche. Por sua vez, a "água que queima" nada mais era que o petróleo, também conhecido na região como Kusouzu, "Água fedida". (Rapá...Petróleo cru fede!¬¬' rusmea.com).

*Koshi no kuni era um antigo território que abrangia 3 províncias EchizenEchigo e Etchuu e atualmente a região é conhecida como Hokuriku, onde está localizada a província de Niigata e a cidade de Tainai, outrora aldeia de Kurokawa.


Todos os anos no dia 7 de julho, a extração do petróleo é re-encenada de forma ritual na área da antiga vila, no festival Nensuisai, ou "festival da água que queima".

No qual, após as devidas cerimônias de abertura, o petróleo é recolhido com um feixe de um tipo de samambaia seca chamada de Kaguma (Do grupo Pteridophyta).


Com esse feixe, o petróleo é recolhido da superfície da água de uma laguna no parque.

Depois é espremido em um balde.

Com apenas algumas passadas com a "vassoura", se recolhe uma quantidade considerável do líquido.
Em seguida, um dos encarregados recolhe em vasilhames...
...Enquanto outro se encarrega de empacotar os vasilhames com o líquido e...

...Uma parte é queimada ali mesmo pelo sacerdote ou sacerdotisa.
Depois, o petróleo é transportado até o Oumi Jingu, um santuário Xintó, localizado na cidade de Ootsu, província de Shiga, onde o líquido é consagrado ao Imperador Tenji (661 - 672), como foi feito no mês de julho do ano 668, há 1340 anos atrás.
A sequência de imagens da singular cerimônia, por si só, mostram como é o ritual de transporte do petróleo:






A forma de transporte é muito parecida com a da antiguidade.
No santuário Oumi Jingu, o líquido é aguardado em outra cerimônia de consagração ao Imperador Tenji. 
A cerimônia é feita por um representante da vila de Kurokawa.

Os representantes da associação empresarial de combustíveis participam com lampiões que são abastecidos...
...Com o o petróleo e acendidos como forma de agradecimento pela fartura nos negócios.


Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

Nenhum comentário: