Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

domingo, setembro 15

Locomotiva C56 - a última parada

Fonte Fonte Fonte


Cupinchas! Riso 

For 
Fazendo este post, me foi impossível não lembrar do trem Fuji 3100 - a última parada e neste caso, esta bela locomotiva também foi abandonada a mercê do tempo...Choro

Segue adaptação:
"Nome: Locomotiva à vapor C56 da via férrea nacional.
Localização: Cidade de Hokuto, província de Yamagata, Japão.

Planalto de Kyosato.
Quando eu soube que esta maravilha iria ser removida daqui, eu vim correndo fazer o seu último registro e me despedir dela...
As locomotivas modelo C56 começaram a ser produzidas em 1935 e durante 7 anos, foram construídas 165 desses colossos de metal.
Pelo seu porte leve, robusto e pelas enormes distâncias a serem percorridas...
 ...Ela esteve em atividade por mais de 30 anos na linha Koumi, na região de Yatsugatake:
À propósito, os trens utilizados na atual linha férrea de Koumi, são de última geração.


Os atuais trens modernos, utilizam um sistema híbrido, combinando eletricidade e motores à diesel, segundo ouvi falar.
Esta locomotiva à vapor, supostamente estaria em exposição nas instalações de hospedagem do município...
Mas na verdade, ela foi praticamente jogada fora...
...Sendo abandonada em uma área arborizada dessa propriedade municipal.
A ferrugem tomou conta de toda a superfície do titã de ferro.
Sua 'pele' se desprende pela ação lenta e implacável do óxido.
É a primeira vez que testemunho tamanha miséria de um veículo férreo como este...


As marcas de graxa me pareceram lágrimas tristes da pobre locomotiva...
Porque razão adotaram um relíquia dessas para exposição, no qual eu julgo ser historicamente muito importante, se não conseguiriam dar a ela um mínimo de cuidado?
Sem ter uma resposta a essa questão naquele momento, só me restou registrar o melhor possível, esta preciosa máquina.
Apertei o disparador da câmera furiosamente...
...Como se estivesse inebriado pelo momento de urgência...
...Pois sabia que no dia seguinte ela poderia não estar mais aqui.
Enquanto fotografava, lembrei da história do meu Avô.
Meu Avô foi um maquinista e quando jovem, transportava carvão mineral com uma locomotiva à vapor como esta.
Ele me contava que o peso do minério, o calor e a fumaça, faziam dessa arte de conduzir esses gigantes de metal, um trabalho muito pesado, levando os homens daquele tempo aos limites de suas forças.
Também me contou que adicionar o carvão na caldeira de modo correto, exigia muita destreza dos maquinistas com a pá e era um momento de orgulho e de demonstração de profissionalismo.
Já que a má distribuição do carvão na caldeira, causava falha na combustão, comprometendo o desempenho da locomotiva.
Alimentando corretamente a caldeira, essas locomotivas andavam que era uma maravilha:)
Máquinas mecânicas, diferentes das eletrônicas e digitais, respondem muito bem as emoções humanas como o carinho que se deposita nelas por exemplo, tornando o seu manuseio uma tarefa muito gratificante. (Nem me fale! Riso For Estou muito faceiro com o meu Fusca 68 Riso For rusmea.com)
Esta locomotiva foi uma grande trabalhadora em seu tempo...


E ainda hoje ela segue com 'a boca aberta', à espera de carvão e de trabalho...
Os controladores de pressão seguem à espera de mão humanas...


O teto da parte do maquinista de madeira todo infiltrado...


É surpreendente que ainda restem os cabos da parte elétrica da máquina...


...E uma caixa com a função de alarme.
Aqui figura uma planilha que especifica a manutenção periódica da caldeira.


Decadência...
A própria destruição, é uma carga pesada demais para esta locomotiva transportar...

Uma lástima que tenha se deteriorado a este ponto e ainda por cima, seria removida daqui..."

Mas acontece que ela foi minuciosamente restaurada e hoje se encontra em exposição em frente da estação de Kyosato(Riso For rusmea.com)
"No mês de julho de 2009, a locomotiva C56149, foi minuciosamente restaurada e colocada delicadamente em exposição na frente da estação de Kyosato. 
A poderosa locomotiva esteve abandonada ao relento por mais de 30 anos em uma propriedade municipal, desde sua desativação em 1972."
Um breve comparação do tempo em que o titã de ferro trabalhou...

...Com a sua figura desprezada e destruída pelo abandono... 

 ...E a sua gloriosa volta como atração e tendo o seu devido reconhecimento histórico Riso For 

Show né cupinchas? Riso For 

Abrax^^

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

4 comentários:

Daniel Paes Cuter disse...

Esse fim me deu esperanças :)

Rusmea R. M. disse...


Que final lindo né?^^

Abrax^^

Marçal Fujibayashi disse...

Muito bom... tomara todo proprietário de um fusquinha podre desse uma chance pra ele como ganhou essa locomotiva. :D

Rusmea R. M. disse...


Que linda a história dessa locomotiva^^

Eu fiquei emocionado com essas informações^^

O teu comentário Zetto, me fez lembrar que preciso adaptar com urgência a restauração do Kübelwagen que fiz para o Forumfuscabrasil.com, aqui para o blog!^^

Abrax^^