Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

quinta-feira, julho 11

O sanatório para tuberculosos de Kaidzuka

Fonte Via 


Cupinchas! Riso For 
Compartilho hoje um pouco sobre este sanatório abandonado, considerado como um lugar assombrado no Japão...Riso For 
Para concluir esta postagem precisei combinar as informações externas do lugar, feita por Japoneses, com o material interno feito por Formosinos, (de Formosa, Taiwan), digo isso pois as informações destoaram drasticamente umas com as outras¬¬'
Além de que a parte dos Formosinos, são quase que só imagens, com muito pouca explicação¬¬'

Segue adaptação:


"Existem diversos tipos de lugares abandonados mas, por popularidade, os hospitais em ruínas estão entre os primeiros.
Hospitais abandonados são sombrios e talvez por isso, sejam tão aterradores.
Hoje apresentamos a decadência de um desses hospitais e gostaríamos de deixar claro, que não temos a intenção de assustar ninguém, no entanto, o sanatório para tuberculosos de Kaidzuka é um lugar...Que possui uma atmosfera...Que realmente provoca calafrios...



O sanatório abandonado, está na cidade de Kaidzuka, na prefeitura de Osaka, próximo da escola para deficientes de Kaidzuka.
Inicialmente achávamos que o lugar tivesse sido demolido, mas após dar uma olhada no Google Map, nos certificamos de que ainda estava de pé.
A entrada para o sanatório, fica de frente para uma estrada praticamente exclusiva para o local, mas nós acessamos, utilizando a entrada que fica perto da plantação, que aparece na parte de baixo da imagem.





Não temos a foto que mostra as cercas de tela que rodeiam todo o imenso lugar...
Decidimos acessar por este portão que leva ao complexo.

O colégio para deficientes de Kaidzuka do lado do sanatório, (imagem abaixo) era inicialmente um centro de proteção a infância, depois passou a ser uma escola primária e mais tarde foi modificado para ser uma escola do ensino médio. No entanto, após a incorporação com o sanatório, esse lugar foi novamente modificado para ser uma escola de enfermagem. Fundada em 1948 a escola foi fechada e abandonada em 2009. 

Inicialmente, pensamos que esse prédio da imagem acima era o hospital, mas ao vermos carros estacionados e atividade de funcionários, provavelmente realizando algum tipo de serviço burocrático no local abandonado, decidimos ficar na moita e esperar a que fossem embora, para não topar com eles. (Eu já disse que explorações urbanas a prédios abandonados no Japão é invasão de propriedade e portanto, ilegal? Riso For  rusmea.com)

Voltamos a nos aproximar por volta das 5 horas da tarde. 
Em frente a antiga escola, há um imenso terreno que não se sabe para que era usado ou se iriam construir algo sobre ele. Um baita desperdício de espaço


Chegamos ao portão que tem uma placa com as inscrições: 'Colégio para deficientes de Kaidzuka'. (Na placa grande está escrito: "Campanha de alerta de policiais - Central de polícia de Kaidzuka - Diretor do colégio" NDT. rusmea.com) Mas não há nada além do portão. Pelas imagens aéreas, aqui seria o local para entrada de caminhões. 

Seguimos então pelo caminho que leva para a ala médica. 
Um pouco antes, os carros dos caras que estavam na escola, estavam estacionados aqui.
Após aquela curva, com certeza está o sanatório.

Eis que surge a silhueta do sanatório, com suas grandes dimensões.

Fundado em 1948, o sanatório para tuberculosos de Kaidzuka acompanhou os avanços da ciência na área de combate a tuberculose, ficando cada vez com menos pacientes até que finalmente, devido a que suas funções não eram mais necessárias, ele foi definitivamente fechado em 1992.

(Ok cupinchas!¬¬ Acho até legal passar um suave efeito de PS em fotos...
Mas acho que os caras exageraram um pouco tentando envelhecer essas imagens...
Ficaram parecendo desenhos com tanto matiz, né não? ¬¬ rusmea.com )

A parte de trás do prédio.
O que serão aquelas telas de metal no segundo andar?





À direita há outro prédio de 2 andares que poderia ser a entrada para a ala de internação

À esquerda da entrada do sanatório, há mais um prédio. 
Provavelmente era um centro de tratamento.

Na porta de entrada desse centro de tratamento, há um selo da empresa de segurança SECOM.

O aspecto do corredor onde ao fundo, há uma escada que leva ao segundo andar.
Em todo lugar há o selo da empresa de vigilância SECOM...

Fomos até o segundo andar, que não possui teto. 
Provavelmente era realizado aqui, a manutenção dos condicionadores de ar.

Olhando pela imagem, este local tem um aspecto característico de um lugar abandonado, mas o detalhe curioso, é que aqui sempre foi mais ou menos assim, nunca possuindo um teto. 


Há uma escada de ferro que leva a um lugar mais elevado.
Fomos até a lateral do prédio, onde está aquela misteriosa malha de ferro no alto.




Achamos esta pequena construção com porta sanfonada. 
Deveria ser usada como garagem para a ambulância
A entrada do lado oeste.


O design arquitetônico do prédio, é divertido comparando com outras construções.

Janelas vedadas com tábuas. 
Provavelmente os vidros foram vandalizados...

Dando a volta pelo lado oeste em direção ao lado sul, encontramos uma escada que leva ao segundo andar.

Existe uma área com um jardim interno, mas devido ao mato alto, não deu para visualizar. 
Aquele prédio parece ser a ala leste do complexo.

Subimos pelas escada do lado sul.

E naturalmente, a porta de entrada do segundo andar, está fechada à chave. 
Em comparação com a pintura desbotada da porta, o selo da empresa de vigilância destoa por ser bem novo...(Corre daí manolo! Riso For Vocês vão acabar sendo presos! Riso For rusmea.com)
A insinuante chave pendurada na maçaneta, parece não servir nas portas desta área.

Voltamos para a parte da frente e fomo em direção aos fundos do prédio, passando por baixo de um corredor suspenso.
A ala médica do prédio que fica no lado sul.

A construção coberta pela vegetação.

Foto tomada próximo ao corredor suspenso no lado sul. 
Se pode notar que esse corredor, tem um ângulo, provavelmente para facilitar o deslocamento de macas, etc.

E aqui a entrada para essa ala médica.

Passando pelo caminho em frente ao sanatório e seguindo para os fundos, encontramos estas ruínas que não tem relação nenhuma com o sanatório.
Na verdade, é uma residência rural, porém, achamos muito sinistra. 
Apesar da vontade de ir lá e explorar, desistimos devido ao matagal molhado pela chuva, atrapalhar o caminho. 

Avançando um pouco mais, saímos neste lugar amplo onde a paisagem mudou para uma plantação. Este caminho secundário, também leva ao sanatório, o que aliviou nossa consciência pois sentíamos estar invadindo ilegalmente o lugar. 
Qualquer pessoa tem acesso ao complexo por este caminho totalmente aberto.

Voltamos mais uma vez ao sanatório.

Voltando ao segundo andar que mostramos antes, subimos a escada de ferro, de onde se pode ter uma vista completa do lugar.
Bem ao fundo se pode avistar o Rinku Gate Tower Building.

Quando estávamos indo embora, encontramos essa construção no lado direito do caminho.
São apartamentos cobertos pela vegetação.

Provavelmente, aqui era a moradia para funcionários do sanatório. Todos estão com as portas chaveadas, impossibilitando a entrada. 

Este sanatório deve ter salvo a vida de muitos doentes terminais de tuberculose, que naquele tempo era uma doença terrível. Com o avanço da medicina, a tuberculose deixou de ser uma doença mortal, e este sanatório perdeu a sua importância.

Fim da exploração externa.



A parte interna deste post, fica por conta dos invasores Riso For exploradores Formosinos (Taiwan) que vasculharam o lugar e do site kaola que fez a tradução do Chinês para o Japonês. NDT. rusmea.com









"O sanatório para tuberculosos de Kaizuca, um lugar assombrado do Japão, foi apresentado na web Taiwan e este post, nada mais é que uma 'contra-importação' dessas informações.



Muitas pessoas morrem em hospitais e talvez por isso, sentimos uma sensação de 'pressão', que não se consegue transmitir através de fotografias...


As ruínas do sanatório de Kaidzuka são pra lá de famosas na internet Japonesa.
Muitos blogs Japoneses de aficionados por lugares abandonados, apresentaram o lugar e muitos desses internautas, já o visitaram. (Menos manolo!¬¬ Menos!¬¬ rusmea.com)


Aqui foram tratadas inúmeras crianças que padeciam da doença. 
Aqueles exploradores que visitam o lugar sentem uma 'pressão' ainda mais extrema ao comprovarem essa realidade...


Esta talvez seja a grande diferença entre ruínas de um hospital como este, e de lugares abandonados comuns...


Há uma grande quantidade de radiografias abandonadas no local.





As próximas imagens, mostram as instalações do jeito eram na época em que o lugar foi abandonado.


























E aqui finalizamos a 'exploração' ao sanatório para tuberculosos de Kaidzuka."

Foto de um dos exploradores Taiwaneses
(...¬¬' Rusmea.com)



O rusmea.com aqui, não gostou da "exploração" dos Formosinos...¬¬
Pois quase não tem textos explicando os detalhes do lugar por dentro...
É mais bem uma lista de imagens aleatórias...¬¬'
Isso me deixou tão fulo da vida que até esqueci que o lugar é assombrado...Riso For 

Mas tudo bem!Riso For' 
Logo eu trago sobre outros lugares, pra gente apreciar! Riso For' 

Abrax^^

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

Um comentário:

Ricardo SmOkE disse...

Tem como colocar aqui o link do google maps, desse lugar aí? Grato