Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

segunda-feira, julho 8

O restaurante abandonado e o seu trem garçom...

Fonte


Cupinchas! Riso For 
Espero que entre os leitores aqui do blog, não se encontre nenhum ferreomodelista, pois as imagens deste post são de sangrar os olhos Riso For de quem gosta de mini-trens, pois mostra a maquete de uma máquina de trem e seus vagões, abandonados em um restaurante em ruínas...Riso For

Nota: Tem gente achando que este que vos escreve,  rusmea.com, faz essas explorações...Riso For 
Mas não! Riso For 
Aclaro que todo o mérito desses posts de lugares abandonados, são das fontes originais, que pertencem aos corajosos exploradores que fazem essas exclusivas publicações. Riso For 
O rusmea.com só faz as traduções e adaptações ao português. Riso For

Riso ForLove train modorenai Riso Forcono manma kimi wo tsure sate Riso For

Segue adaptação:

"Em um caminho para as montanhas na província de Aichi, Japão, existem as ruínas diferentes de um restaurante abandonado. Se trata do restaurante de Higashiyama, onde a diferença está, no fato de se poder ver ao mesmo tempo, um restaurante e uma linha de trem abandonados...

Pela janela quebrada se pode ver um pouco do interior. Parece que aqui era a sala de reuniões.

A vista total do prédio.
Não dá a impressão de ter sido um restaurante. 
Aliás, pelo nosso senso atual, mais parece algo relacionado a diversão, se parecendo mais com os restaurantes temáticos de antigamente, que mais pareciam parques de diversões.

Por dentro.
Aqui é um salão de festas revestido de tatames com estilhaços de vidro espalhados sobre ele.

Uma antiga televisão e uma cadeira.
Se encontra bastante a itens assim, em lugares que ficam abandonados por muito tempo.

O telhado e sacada.
À primeira vista, não há nada de diferente aqui...

Mas o que seria isso?!

Avanço à toda velocidade pelo corredor, para ver melhor o que era aquilo...

Aqui está.

Parece ser o modelo de uma locomotiva.
Qual o motivo para um modelo assim ficar abandonado neste lugar?

A solução do mistério está nessas portinholas aqui.
Esta locomotiva, trazia a comida para os fregueses nos tempos gloriosos do restaurante.
Se trata de uma ideia muito divertida, no entanto, no mundo de hoje em que dominam os lanches rápidos na atual cultura do Fast Food, esse comércio não aceita mais um sistema desses para atender a clientela, ainda que seja muito simpático. 
Talvez esta seja uma das razões para este lugar ter fracassado e ter sido abandonado...

Conferindo os detalhes da mini-locomotiva.
Mas por mais que eu diga isso, lamentavelmente não sou um aficionado por modelismo ferroviário e só posso apreciar o modelo com os olhos de um explorador de ruínas...

A parte dos encaixes e das rodas, são muito bem produzidas.

Ao olhar para uma locomotiva à vapor, não sei porquê me vem a mente os comboios blindados.
A blindagem em metal negro é algo que me traz bons devaneios.

A numeração C58764.
Este tipo de locomotiva era chamada de 'Shigohachi' (458 em Português. NDT. rusmea.com). Parece que foram construídos cerca de 400 veículos deste mesmo grupo de modelos, no entanto, o número 764 não está inscrito aqui. 
Este trem é uma réplica original, não sendo a de nenhum veículo utilizado em linhas nacionais.

A parte de cima.
Se estivesse em funcionamento, daria para imaginar uma coluna de vapor saíndo com força pela chaminé, mas no caso deste modelo, acho que ele não soltava fumaça...
Mesmo assim, é muito show. 

O painel de controle da locomotiva.
Parece que não fazia uso de carvão de pedra para se locomover, mas sim, eletricidade.

O caminho se estende até o fundo, mas já não há mais os trilhos.

Mas, eis que encontro uma parte ainda com trilhos.
Uma formidável ruína de uma linha férrea! (Notei que esse manolo parece gostar mais dos trilhos do que dos trens em si...Riso For Já eu só penso nas DILIÇA! Riso Forrusmea.com)

Até o momento eu me encontrava no segundo andar, por isso me dirijo ao térreo...

...E encontro um espaço que não se parece em nada com um restaurante.
Parece que aqui, criancinhas brincavam em uma espécie de parquinho.

Um carrinho com forma de balsa.
Acho que todo mundo já deve ter brincado em um desses quando criança né?
(Não manolo!¬¬ O mais próximo disso pra nós se chama KartRiso Forrusmea.com)

A recepção.
A luz penetra pelas frestas do teto.

Antigamente isso deveria ser um quadro luminoso de aviso, mas está destruído por disparos de armas de pressão (AirsoftRiso For NDT rusmea.com)

Aqui era a cozinha do restaurante.

Um 'cemitério de pratos' é iluminado pela luz do sol.

Uma maquete de uma fortificação construída neste lugar.

Um painel de controle, que não faço ideia para que servia...

No andar térreo, eis que existe mais uma locomotiva.
Dá a impressão de que se fizer uma manutenção, ela poderia voltar a funcionar, mas atualmente, ela só se desloca na imaginação dos exploradores de ruínas que aqui chegam...

E por aqui finalizamos mais esta exploração.
Hoje foi um dia para se refletir nesse encontro com as locomotivas paradas no tempo..."


Riso For Além desses modelos serem muito bem construídos, com muita semelhança com os modelos verdadeiros e com muitos detalhes, elas ainda trabalhavam levando a comida aos fregueses, em um sistema muito curioso.
Sinto uma certa pena desses garçons mecânicos, abandonados a mercê do tempo...rusmea.com

Que dó né cupinchas? Riso For

Abrax

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

4 comentários:

Marçal Fujibayashi disse...

Oque me vem a mente é ... quanta grana investida e jogada fora.

Rusmea R. M. disse...


Some isso a dezenas de outros lugares parecidos e abandonados pra ter um desgosto imenso...OO'

Abrax^^

Rodrigo Barros disse...

Eu fico imaginando, sei que é um economia diferente, tudo o mais, contudo culpa o fast-food por isso, não penso dessa forma, eu se fosse japonês ia adorar ir ali, isso certamente é falta de vergonha nas pessoas, que simplesmente abandonam um local como belíssimo como este, seja de que país for. Isso é falta de amor e altruísmo, com o dono, com os trabalhadores, isso realmente precisa mudar em nossa sociedade e mundo. Pronto, falei.

Rusmea R. M. disse...


É bem complicado...

Nada me tira da cabeça que tenha algum jabá por trás de certos abandonos no Japão...

Esse por exemplo, ser fechado por causa de lanchonetes de fast food, meio que não cola como justificativa...(Ainda que essa seja apenas a impressão do manolo explorador...Não se sabe a causa real da falência deste restaurante...)

Abrax^^