Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

segunda-feira, junho 3

A vila abandonada de Nitchitsu - segunda parte

Fonte


Cupinchas! Riso For 
Continuação da exploração pela vila abandonada de Nitchitsu Riso For 

Riso For Life is higashi kara sou nishi wo megake yami kirisaite Riso For

Parte1 
Parte2 
Parte3
Segue adaptação:

"Continuação da vila abandonada de Nitchitsu.
Desci até a parte em ruínas avistada do alto dos apartamentos. Esta área do assentamento é a que mais tem prédios novos em comparação com as outras construções, dando mostras de que até há pouco tempo haviam pessoas vivendo nessas habitações.

Vamos começar explorando o prédio grande do canto.
Por mais que estes prédios sejam os mais novos, eles estão em avançada deterioração.
Pedras para jogo de Mahjong são característicos em lugares abandonados. Antigamente a diversão não era tão diversificada como hoje em dia, no meio das montanhas como este lugar, deveria haver poucas opções de diversão.
O segundo andar.
O térreo mais parece um grande salão de festas, já o segundo andar, parece ser de habitações.
Uma máquina de costura a pedal que já não se vê mais hoje em dia, jaz abandonada. Coisas assim são comuns em lugares abandonados.
A escada construída com muito esmero, do lado contrário do prédio.
Vista oposta da escada por onde cheguei no segundo andar, olhando bem há uma porta de correr.
Por trás dessa porta há um corredor de madeira que leva ao prédio vizinho. Não sei porquê este ambiente me faz lembrar do anime 'Meu vizinho Totorô'
 A vista de onde vim por esse corredor.

Nesta área os prédios foram construídos de modo desordenado.
Se olhar para as árvores, elas anunciam a chegada tardia da primavera.
De repente eu noto que há um crânio na varanda... A primavera chegou nessas ruínas, mas alguém que não chegou a vê-la, morreu deixando seus ossos...Porém, qualquer coisa volta à terra e se transforma na própria natureza da primavera. Assim é a natureza.
Ao falar sobre lugares abandonados, é o mesmo que falar sobre velhas garrafas vazias, de tantas que existem jogadas nesses locais. De que época seria esta garrafa de Sprite...
Muito bem, entrando no prédio vizinho que fica do outro lado do corredor de madeira que mostrei antes.
Realmente, a destruição está bem avançada e está bem mais bagunçado do que a primeira vez que estive aqui.
Rumo ao segundo andar.
 Assim como no térreo, há habitações aqui.
Acho que isto dá um tranco na postagem (Ele saltou a publicação, mostrando outro prédio. NDT. rusmea.com), mas este aqui é outro prédio em que se pode morar de tão novo. 
 Segundo andar.
Um telefone comunitário. Eu já escrevi antes sobre o telefone preto lá de casa que ainda funciona perfeitamente. É muito conforto sem inconveniente algum neste lugar. 
Inesperadamente aparece um lugar conhecido como o local de maior ocultismo das ruínas da vila Nitchitsu, vulgarmente conhecido como "o quarto do Otaku". Quase não dá para colocar os pés de tantas revistas sobre vídeo games eróticos e livros espalhados. Porquê será que não foi organizado? Porquê o dono não levou essas coisas embora? A propósito, há muitos livros antigos que pretendo organizar depois. (Notaram o Picatchu lá no fundo? Riso For  Isso dá uma amostra aproximada de até quando este quarto foi utilizado. NDT. rusmea.com)
Esta habitação dá uma sensação sinistra... (Vaaai pra luz!! Riso For Pra luz!! Riso For  rusmea.com ) Alguém deixou um boneco deitado na cama e há uma porção de remédios espalhados. A propósito, este quarto fica ao lado do "quarto do Otaku"
A vista da janela do segundo andar. Todos os prédios vistos daqui estão abandonados.
Finalizando esta parte da exploração, eu venho até o térreo. Agora vou sair da área onde estão concentrados os prédios e ir para a parte mais baixa da vila.
O panorama é de uma cidade do pós-guerra. 
A face das ruínas da vila Nitchitsu é de vários matizes...

Ficamos por aqui.
No próximo post, eu desço até o centro comunitário abandonado."

Continua na terceira parte

Abrax

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

4 comentários:

Samuel disse...

Ha , minha mae tem uma maquina de costura de pedal tb, que ela usa ate hoje, e pelo designer deve ser mais antiga que esta da postagem (que da hora) eu me lembro de ter a agulha dela atravessada no meu dedo indicador, enquanto eu brincava nela quando ainda era um pequeno cupinchinha

Rusmea R. M. disse...


Minha mãe também tinha uma dessas^^

Uma Singer^^

Eu me lembro que quando a minha mãe saía, eu metia o pé no pedal só pra ver o barulhinho^^

kkkkkkkkkkk^^

Abrax^^

Marçal Fujibayashi disse...

Se os quartos estão abandonados mesmo ou não não sei, mas mesmo que estejam abandonados não estão a tanto tempo assim. tem até um picatchu lá... kkkkkkkk

Rusmea R. M. disse...


Existe a possibilidade desses quartos estarem sendo utilizados ilegalmente, Marçal, já que a vila não é tão afastada dos centros urbanos de Saitama, segundo o autor do post original...OO'

(Mas eu não morava nem que me pagassem lá!OO")

Abrax^^