Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

quarta-feira, maio 29

Namazu-e - As estranhas xilogravuras do período Edo

Fonte 


Cupinchas! Riso For 
Em novembro de 1855, o Grande Terremoto Ansei atingiu a cidade de Edo (Atual Tóquio), reclamando 7,000 vidas e infligindo danos permanentes. Riso For  Alguns dias depois, um novo tipo de impressão de xilogravura à cores conhecida como Namazu-e (Literalmente. "quadros de peixes-gato") se tornou popular entre os residentes da cidade sacudida. Estas impressões apresentavam desenhos de bagres gigantes, o mítico Namazu, quem segundo a lenda popular, causava os terremotos debatendo-se nas suas tocas subterrâneas. Riso For 
Além de gerar humor e comentários sociais, muitas impressões afirmavam oferecer a proteção para futuros terremotos. Riso For 

Segue adaptação:

As vítimas do terremoto se vingam no peixe-gato gigantesco responsável pela destruição.




A popularidade das ilustrações de Namazu-e explodiu naquele tempo de reconstrução e críticas a sociedade, e até 400 tipos diferentes desses desenhos, ficaram disponíveis dentro de semanas, como se fossem revistinhas da época. Contudo, o fenômeno de Namazu-e abruptamente terminou dois meses depois quando o governo de Tokugawa, que mantinha um sistema restrito de censura sobre a indústria editorial, fez linha dura com a produção. Hoje em dia, apenas um punhado dessas edições sobreviveram.

Namazu e a rocha de kaname

O Namazu normalmente se resguarda sob o controle do deus Kashima que usa uma grande rocha conhecida como kaname-ishi. Diz-se que o Grande Terremoto Ansei de 1855 havia ocorrido quando Kashima saiu da cidade e deixou Ebisu (o deus da pesca e comércio) no cargo. Nesta impressão, o peixe-gato subterrâneo gigante, toca o terror pela cidade enquanto Ebisu dorme no emprego. Kashima apressa-se para chegar em casa a cavalo, enquanto a cidade se queima, e Raijin o deus do trovão defeca tambores. (LOL! Riso For Tudo isso! Riso For ) Grandes moedas de ouro caem do céu, simbolizando a redistribuição da prosperidade durante a fase de reedificação.

Cabo de guerra entre Namazu e o deus Kashima
Esta impressão mostra um Namazu envolvido em um jogo feroz de cabo de guerra de "pescoço" com o deus Kashima. Um grupo de vítimas de terremoto torcem por Kashima, enquanto aqueles que tipicamente se aproveitam de terremotos ( funcionários de construção, bombeiros, REDE GLOBO Riso For publicadores de notícias, etc.) torcem pelo peixe-gato. 

Peixe-gato antigo (Artistas: Kyosai Kawanabe e Robun Kanagaki)

Produzido dois dias depois do terremoto, este trabalho por Kyosai Kawanabe e Robun Kanagaki é considerado a primeira impressão de Namazu-e. O quadro, que faz a referência à um toque Kabuki popular do período, inspirou a criação de muitas impressões de Namazu-e a seguir.

Método mágico de proteção para terremotos
Esta impressão protetora, que afirmava prevenir os danos provocados por terremotos, à casa de alguém caso fosse anexado ao teto, mostra um grupo de peixes-gatos, arrependidos que pedem desculpas ao deus Kashima por causarem terremotos enquanto ele estava distante.

Família de peixes-gato

Esta impressão mostra uma turba de vítimas de terremoto, que vêm para fazer vingança contra um Namazu e as suas crianças.

Pela paz e tranquilidade
Nesta impressão, que afirma oferecer proteção contra terremotos, o deus Kashima e as garotas do distrito da luz vermelha (SAFADINHOS! Riso Forde Yoshiwara, exprimem a sua raiva em direção ao peixe-gato responsabilizado pelos terremotos.

Namazus Salvadores

Algumas impressões mostravam o lado benevolente de Namazu. Aqui, se vê eles resgatando pessoas do escombros.

Daikoku, deus popular da prosperidade, segura um Namazu e faz chover dinheiro sobre as pessoas. 
Kashima segura um Namazu utilizando a rocha de kaname 

Kashima, kaname-ishi e Namazu
Nesta impressão, o deus Kashima está desenhado no canto superior direito. A rocha Kaname é retratada como uma pessoa, que está sobre a cabeça do peixe-gato, enquanto uma multidão de pessoas tenta subjugar a besta gigantesca. As pessoas à esquerda que não estão ajudando a deter o peixe-gato, incluem funcionários de construção e outros que tipicamente se aproveitam de terremotos.

Jogos de mão de terremotos

Esta impressão é uma referência ao velho provérbio japonês, "As 4 coisas mais assustadoras são terremotos, trovões, incêndios e Pais." Aqui, um Namazu joga o janken (pedra, papel, tesoura) com os deuses do trovão e do fogo enquanto um homem idoso (Pai) assiste.

Terremotos, trovões, incêndios e pais

Esta impressão também faz a referência ao velho provérbio japonês citado acima. Aqui, um Namazu e os deuses do trovão e do fogo discutem os seus poderes sobre um jantar, enquanto um homem de meia-idade (Pai) assiste.

Ébrios seguem o grande Namazu
Nesta impressão, o deus Kashima crava a sua espada na garganta de Namazu, que está exposto em uma mesa gigantesca. A multidão de espectadores divide-se em dois grupos. As pessoas na parte superior do quadro estão etiquetados como "sorrindo" (aqueles que se beneficiam do terremoto) e as pessoas na parte inferior estão etiquetadas como "chorando" (aqueles que se prejudicam pelo terremoto). O grupo superior inclui um carpinteiro, um pedreiro, um vendedor de madeira, um ferreiro e um telhador, bem como uma cortesã da elite, uma garota ordinária, um médico e os vendedores de comida pronta para consumir. O grupo de fundo inclui um proprietário de casa de chá, um vendedor de enguias, vários artistas como músicos, comediantes e contadores de histórias, um vendedor de mercadorias luxuosas, um vendedor de diamante e um vendedor de mercadorias importadas. 

Prosperidade da era de Ansei
Esta impressão, que mostra a um Namazu punindo a um homem rico e um ator famoso, ilustra uma teoria popular que os deuses deliberadamente permitiram o terremoto acontecer para retificar um pouco do desequilíbrio no mundo.

Namazu atacado pelos cidadãos de Edo 
Peixe-gato e funcionários de construção se divertem no distrito da luz vermelha Riso For de Yoshiwara. Parte 1 
Esta impressão representa uma multidão de Namazu e funcionários de construção, recentemente prósperos que caem na farra em uma casa de visitas no distrito de prazer de Yoshiwara.

Peixe-gato e funcionários de construção se divertem no distrito da luz vermelha de Yoshiwara. Parte 2 Riso For
Esta impressão também mostra a carpinteiros, pedreiros e telhadores bebendo alegremente no distrito de prazer de Yoshiwara, enquanto um Namazu é segurado com um porongo/cabaça de bebida.

O terremoto e um "milhão de rezadores"

Esta impressão representa um Namazu como se fosse um sacerdote sentado dentro de um rosário gigante. A criatura não quer mais causar terremotos, mas os "adoradores" (os negociantes de madeira e carpinteiros que se aproveitam do desastre) estão rezando para que ele se comporte de modo inconveniente de novo. Os espíritos de vítimas de terremoto flutuam acima.

Peixe-gato dos terremotos e a retificação mundial

Nesta impressão, um grupo de funcionários de construção mostram respeito à Namazu para que ele os ajude a ficarem ricos.

A sacudidela do grande Edo

Esta impressão mostra a um Namazu parecido a um navio a vapor maciço se aproximando da cidade. A criatura está jorrando dinheiro e as pessoas acenam na costa para que ele venha mais para perto. O retrato deste Namazu evoca imagens de barcos pretos do Comodoro Perry, que chegaram ao Japão em 1853 e consequentemente forçaram o país a abrir os seus portos ao comércio Ocidental.

Os causadores de três grandes terremotos capturados vivos
Nesta impressão, o deus Kashima capturou o peixe-gato responsável pelos terremotos principais em Shinshu, Edo e Odawara. Um carpinteiro, o bombeiro, o pedreiro e o telhador, tentam persuadir o deus a soltar os peixes-gatos, dizendo que as criaturas pediram desculpas o suficiente. Kashima não perdoa e condena o peixe a ser cozido como guisado.

Namazu de Edo e Shinshu

Ebisu pede desculpas
Nesta impressão, Ebisu (o deus da pesca e comércio) pede desculpas a Kashima por adormecer no emprego depois de beber. O líder dos Namazu, também está pedindo desculpas, dizendo que foram os inconsequentes que agiram com selvageria.

Paz na era de Ansei

Esta impressão mostra o deus Kashima que usa a rocha  kaname para subjugar o Namazu responsável pelos terremotos recentes.

Namazu é forçado à submissão e o colocam sob a rocha de Kaname.

Levantamento de viga

Esta impressão mostra um grupo de Namazu que erigem o kanji 平, que pode simbolizar "paz" (O Kanji 平 "Taira" "Hei" ou "Hira" nesta figura, pode ter ainda o significado de reto, nivelado, justo. NDT. rusmea.com)

Um homem entretém um Namazu
Pessoas inspecionam um quadro de Namazu

Monstro Namazu no depósito

Porongo/Cabaça e o peixe-gato

Nesta impressão, um Namazu tenta ajudar um cupincha a escapar de uma armadilha entregando-lhe uma cabaça. A imagem é uma referência à velha expressão japonesa "Porongo e peixe-gato" (significa "escorregadio" ou "ilusão"), que se origina de uma pintura Zen famosa do século 15 de um homem tentando pegar um peixe-gato com uma cabaça.

A turba se vinga em um Namazu

Pegando um peixe-gato com uma cabaça (Artista: Kunisada Utagawa)

As pessoas que se aproveitam de terremotos fazem oferendas à um Namazu

Medo de Kashima

Esta impressão mostra pessoas dançando em volta de um Namazu decorado como um representante do santuário de Kashima, em um ritual anual realizado antes da nova estação agrícola. A imagem do coelho representa o ano do zodíaco Sino-Japonês de 1855

Reafirmação da rocha que suprime o tremor

Uma multidão de pessoas idosas, carpinteiros, esposas jovens, proprietários de loja da porcelana, artistas, prostitutas de Yoshiwara, médicos e outros estão oferecendo preces à rocha de Kaname, em que acredita-se ter o poder de manter os terremotos sob controle. Quando uma pessoa na multidão exprime as suas dúvidas dos poderes da rocha, a rocha responde, "Asseguro-lhes que se a terra se mover, mesmo um pouco, eu ficarei sobre a minha cabeça."(Plantando bananeira) No idioma Japonês, esta resposta é característica de um jogo de palavras entre as palavras ishi-gaeshi ("virando a rocha") e ishu-gaeshi ("se vingar").

Cantiga de proteção à terremotos

Nesta impressão, Daikoku, deus popular da prosperidade, faz chover dinheiro sobre as pessoas, enquanto o deus Kashima segura um Namazu.

Namazu assustador

Esta impressão mostra a uma mãe Namazu em perseguição à  uma turba de pessoas que raptaram as suas duas crianças. A mensagem na bandeira transportada por uma pessoa na multidão, sugere que pretendam grelhar e comer os jovens peixes-gato. 

Namazu com instrumentos de construção, retratado como o guerreiro lendário Benkei.

O deus Ebisu segura um peixe-gato gigante com uma cabaça





Pra quem passou por um terremoto como eu, rusmea.com em 2011, é capaz de apelar pra qualquer santo Riso For'
Caro Senhor Namazu...Riso For Nunca mais provoque um terremoto como aquele...Riso For 

Abrax^^


Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

Nenhum comentário: