Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

quarta-feira, maio 8

Aogashima - a ilha com menos habitantes no Japão

Fonte Fonte Fonte


Cupinchas! Riso For 
Hoje eu compartilho um pouco sobre Aogashima,(Que traduzindo ao pé da letra, quer dizer Ilha Azul em Português. Riso For ) um lugar que mais parece ter saído de um vídeo game de RPG Riso For 
Legal é que a urbanização da ilha é praticamente igual a muitos lugares da terra do sol nascente Riso For 

Segue adaptação:

Aogashima é uma curiosa ilha vulcânica de vulcões duplos, localizada aproximadamente a 358 quilômetros ao sul de Tóquio e a 64 quilômetro ao sul de Hachijoujima. É a ilha mais isolada e inabitada de todo o Arquipélago de Izu.


Com uma população de apenas 195 pessoas (Censo de 2012), a vila da ilha é considerado o local com menos população do Japão.
Vulcões duplos, ou seja, um vulcão dentro de outro vulcão dão a ilha o estranho formato que pode ser visto nas imagens.

A vila de Aogashima é administrada pela sub-prefeitura de Hachijou da metrópole de Tóquio e ainda está dentro dos limites do Parque Nacional de Fuji-Hakone. Sendo que este que vos escreve, rusmea.com, esteve em Hakone, e de lá não se enxerga nem rastro da ilha devido a distância...É muito estranho que faça parte do mesmo parque! Riso For 

A ilha é cercada por escarpas muito íngremes de depósitos vulcânicos em camadas. O litoral sul também sobe em uma crista afiada formando uma borda de cratera chamada de Ikenosawa, com um diâmetro de 1,5 km. A escarpa domina a ilha, com um ponto em seu cume sul, Otonbu, com uma altura de 423 metros, sendo o ponto mais alto. O centro da ilha é ocupado por um cone secundário chamado de Maruyama, no qual se trata de um outro vulcão.

Ainda é considerado um vulcão ativo Classe-C pela Agência Meteorológica do Japão.
A última erupção de Aogashima foi durante um período de quatro anos entre 1781 a 1785.

A ilha é mencionada em registros no período Edo, mantidos por Hachijō-jima, em registros de atividade vulcânica em 1652 e também em 1670 a 1680. Uma sequência de terremotos em julho de 1780 era seguidos por vapores subindo dos lagos em Ikenosawa. Outros terremotos em maio de 1781 levou a uma nova erupção. Em abril de 1783, os fluxos de lava do Maruyama, o vulcão do centro da ilha, resultou na evacuação de todos as 63 famílias.
Durante uma erupção massiva em 1785, cerca de 130 a 140 pessoas da população de 327 habitantes de Aogashima morreram.

A vila de Aogashima, apesar de pequena, conta com uma central de correios, uma escola primária e secundária, heliporto, uma sauna comunitária com águas termais, estradas asfaltadas e claro, um porto em funcionamento.


O monte Maruyama na imagem acima


 A vila de Aogashima na imagem acima e abaixo



 A vila de Aogashima na imagem acima e abaixo


Correio da ilha na imagem abaixo


 A escola vista de longe na imagem abaixo



 A escola primária e secundária de Aogashima na imagem acima e abaixo


 O heliporto


 A sauna comunitária


 Asfalto, luz elétrica e semáforos na imagem abaixo


 Área habitada de Aogashima na imagem acima e abaixo



O porto Sanboukou de Aogashima na imagem acima e abaixo





O porto Sanboukou de Aogashima na imagem acima e abaixo


Imagens adicionais:








Louco né? Riso For

Abrax^^

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

6 comentários:

Saulo disse...

195 pessoas, bah será que tem solidão lá? E o mercado mais próximo onde fica? rsrsrs

Rusmea R. M. disse...


Hehe, na verdade a ilha está "morrendo" há muito tempo...Esses poucos que vivem lá tem certos "privilégios" para não abandonarem a ilha. (pagam menos imposto, auxilio moradia etc.)
Naturalmente que na ilha há um comércio que é abastecido todas as semanas por barcos que fazem a travessia. O único problema são as revistinhas mangás semanais, que são lançadas na segunda-feira, mas só chegam lá na terça^^

Abrax^^

Stefano Santana disse...

muito legal essa matéria e eu que moro em Fernando de Noronha, achava que era pequena , mais to vendo que em comparação é enorme, srrsrsrsrsrsr

Rusmea R. M. disse...


Fernando de Noronha!^^

Que sensacional!^^

Obrigado pelo comment^^

Abrax^^

Anônimo disse...

muito bom, parabéns pelo site.

Rusmea R. M. disse...


Obrigado^^

Abrax^^