Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

quinta-feira, maio 16

A história do barquinho com árvores

Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte


Cupinchas! Riso For 
Apesar do título, este post trata não só de um "barco", mas de alguns navios e da grave situação ecológica de uma baía que serviu como "cemitério" de navios por muitos anos. Riso For 
"Barquinho" com aspas, pois na verdade se trata do navio SS Ayrfield, que esteve em operação na Segunda Guerra mundial e após muito trabalho, hoje jaz abandonado, se tornando um belíssimo habitáculo de árvores na baía de Homebush na Austrália.

Segue adaptação:


"A baía de Homebush, Rhodes e Newington estão rapidamente se tornando bairros residenciais ricos.
Elas são adjacentes ao Parque Olímpico e oferecem um estilo de vida que tem um grande apelo: Boas acomodações, áreas de lazer maravilhosas e proximidade com o Estádio Olímpico e outros espaços, oferecendo um fácil acesso para eventos esportivos.


Grande parte das terras em que estas instalações foram construídas, agora foram recuperadas e os pântanos a que rodeavam. Originalmente dominado pela indústria, especialmente em Rhodes, em seguida tornou-se uma lixeira para quase tudo, grande parte da área foi gravemente contaminada com metais pesados ​​e compostos tóxicos.


Apesar dos programas de remediação, ainda existem muitos problemas relacionados com a limpeza da zona. Muito tem sido feito, muito continuará a ser feito, mas as perspectivas de um ambiente limpo no futuro próximo ainda são sombrias.
Muitos leitores se surpreenderiam que partes da baía de Homebush, também foram utilizadas ​​como uma área de desmantelamento de navios.



Em 1966, a aprovação de um estaleiro para desmantelamento de navios, foi concedida pelo Conselho de serviços marítimos de várias empresas privadas. Essas empresas pagavam uma taxa mensal. Navios eram atracados na baía, prontos para serem desmontados em terra.

O "barquinho" das árvores visto de cima

Em 1970, foi construída um rampa para esta finalidade.Navios conhecidos como Kookaburra e Karakara, foram destruídos em 1970.
Outro navio, o Meggol, foi desmantelado na baía, mas o casco foi removido e afundado ao largo de Long Reef, como parte de um recife de corais artificial, criado em 1976.


Há pelo menos quatro cascos de navios, e os restos de várias lanchas e embarcações menores visíveis em Homebush. Estes serão protegidos pela Lei de Naufrágios históricos de 1976, que se aplica a todos os naufrágios com mais de 75 anos de idade. Relíquias com mais de cinquenta anos de idade e localizados em lagos ou rios, estão protegidos nos termos da Lei do Patrimônio NSW de1977.


(Particularmente, eu rusmea.com, penso que seria muita insensibilidade minha, não viajar na ideia de que a natureza sempre trata de compensar a destruição causada pelo homem.
No caso deste lugar, apesar de toda a contaminação, a natureza abraça a obra criada e abandonada pelo homem, florescendo vida,  como se quisesse nos passar uma mensagem carinhosa de que isso não se faz...)


SS Ayrfield - o "barquinho" com as árvores

O SS Ayrfield (Inicialmente SS Corrimal) era um navio de casco de aço, movido a vapor com 1140 toneladas e 79.1 metros de comprimento. Foi construído pelo Reino Unido e registrado em Sydney em 1912. Ele foi comprado pelo Governo e utilizado para o transporte de suprimentos para as tropas americanas na região do Pacífico durante a Segunda Guerra Mundial.

O SS Ayrfield muito tempo antes de ser conhecido como o "barco" das árvores

Em 1950, foi vendido à refinaria de petróleo e betume Australia Pty Ltd e em 1951, vendido para a Miller Company Ltd e renomeado Ayrfield. Sob a bandeira Miller, que funcionava como um barco carvoeiro entre Newcastle e o terminal de Miller em Blackwattle Bay.


Aqui está uma descrição do barco carvoeiro entrando na baía de Blackwattle:
'Como um adolescente, fui para o mar no Ayrfield, um dos carvoeiros de R.W. Miller. Foi preciso a grande habilidade do piloto em guiar o navio através da abertura da Ponte Anzac balançando na escuridão da noite...



...O navio precisou de uma velocidade razoável para ajustar a abertura, pois havia apenas alguns metros de folga de ambos os lados. À medida que balançava ao porto para atracar na baía de Blackwattle, o navio iria diminuir a velocidade pronto para atracar, e se a maré estava baixa, com uma carga completa a bordo, o casco iria raspar o fundo lamacento. capitão Ron Archer iria realizar esta manobra sem esforço.'




O registro do Ayrfield foi cancelado em 6 de Outubro de 1972 e do antigo barco foi enviado para Homebush para ser desmantelado. Sua carcaça está localizada perto da foz de Haslams Creek, com o arco apontando para a costa.


Imagens internas de um dos barcos, porque imagens de longe é o que mais tem na internet.Riso For 
A sala das máquinas na imagem acima e abaixo.

Vista da parte de baixo do convés na imagem acima e abaixo.


Note que as imagens foram tomadas segurando a câmera através desses buracos no casco.

Detalhes:






Outros navios e suas histórias:

SS Mortlake Bank

A seção de popa e parte do arco do Mortlake estão localizados a cerca de 50m à nordeste do Ayrfield. A proa está deitado quase em ângulo reto com o navio. O Mortlake era um vapor de mineração com 1371 toneladas e 71.65m de comprimento.


Foi construído em Wallsend-on-Tyne, no Reino Unido em 1924 e em 1934 foi comprado pela McIllwraith, McEacharn Ltd de Melbourne e operados entre Hexham e Mortlake transportando carvão para a Mortlake Gasworks doaAustralian Gas Light Company.


Também esteve em operação durante a Segunda Guerra, enfrentando submarinos Japoneses. Em 4 de outubro de 1972, seu registro foi cancelado e ele foi enviado para Homebush para ser desmantelado.


HMAS Karangi
O Karangi era uma embarcação de defesa com casco de aço com 971 toneladas e 54.25m de comprimento. Foi construído no Docks Cockatoo e Engineering Co. Ltd em Sydney e lançado em 16 de agosto de 1941.


Era um de 4 navios de defesa da Marinha Real Australiana  (Os outros eram: Kookaburra lançado em 28 de fevereiro de 1939 , o Koala lançado em 27 de março, 1940 e o Canguru lançado em 26 setembro de 1940) , construído em plena Segunda Guerra mundial.


O Karangi fica do lado da costa do rebocador SS Heroic com seu arco apontando para o sul.
Todos foram combatentes e resistiram bravamente aos ataques Japoneses à Austrália em 19 de fevereiro de 1942.

Convés do Karangi

Após anos de serviço e muitas vendas depois, o Karangi foi vendido para a L. Bookluck de Enmore em 08 de setembro de 1966 e parcialmente demolido. Em 1970, o que restou foi levado para Homebush para desmantelamento.

SS Heroic
O Heroic era um rebocador a vapor de 258 toneladas e 38.1m de comprimento. Foi construído em South Shields, Reino Unido em 1909 por Thomas Fenwick de Sydney.
Durante a Primeira Guerra Mundial, ele que foi comandado pelo almirantado britânico, rebatizado e engajado no trabalho de resgate fora das ilhas Scilly.


Em 1919, foi de volta para Sydney a trabalho. Durante a Segunda Guerra Mundial, ele foirebocado de volta para Sydney depois que o navio foi torpedeado.
Foi vendido ao JB Mullins em 1973 para ser renomeado Bustler II. Porém algum tempo depois, ele foi trazido para Homebush para desmantelamento. Ele está localizado perto da praia, no sudoeste da Baía.


Ainda há várias outras barcaças, dragas e barcos de pesca, visíveis na baía de Homebush, mas a sua identificação e história estão incompletos."





Muita viagem né?

Abrax^^

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

2 comentários:

Anônimo disse...

Muito legal o post, mas deixem o barco onde ele está.

Rusmea R. M. disse...


Como está no post, esses barcos estão protegidos por leis de patrimônio^^

Ficarão onde estão por muito tempo^^

Abrax^^