Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

quinta-feira, março 14

Jiaguwen - escrituras em ossos e cascos

Fonte Fonte Fonte


Cupinchas! Riso For 
Olhem só que maneiro esses inscritos em ossos e cascos de tartaruga! Riso For 

(Riso For Peço perdão pela ausência cupinchas...Somente com muito esforço, estou conseguindo postar...Os remédios pra dor me deixam baqueado, e não consigo ficar nem 30 minutos no PC ...Acho que até sarar essa perna quebrada, vou ficar meio que esporádico assim...)
Riso For 
Segue adaptação:


"Na antiguidade, estas carapaças e ossos inscritos eram considerados ossos de dragão, utilizados na medicina tradicional chinesa. No ano de 1899, um comerciante chamado Wang Yirong começou a aventar a possibilidade de que se tratasse de alguma forma de escritura antiga. Sua teoria chamou a atenção de arqueólogos e linguistas, que se dedicaram a seu estudo constatando que, efetivamente o era.


No município de Anyang, província de Henan (centro da China) acharam-se umas ruínas arqueológicas de uma superfície de 24 quilômetros quadrados conhecidas como Yìnxu (Ruínas de Yin). Este nome sem dúvida alguma, ficará registado para sempre nos anais da civilização mundial.


Segundo registos históricos, no século XIV, o rei Pan Geng, da dinastia Shang, transladou para ali a sua capital. Desde então passaram por perto de 300 anos ao longo dos quais Yinxu foi centro político, cultural e econômico de dita dinastia.


A descoberta e a escavação dessas ruínas constituem o maior acontecimento arqueológico da China no século XX. Desde a primeira escavação em 1928, descobriu-se uma grande quantidade de objetos, entre os que cabe destacar os ossos e carapaças inscritas (jiaguwen) e objetos de bronze.


O primeiro destes achados, os jiaguwen, constituem um dos grandes acontecimentos da história arqueológica mundial.


Os jiaguwen são ossos de animais e carapaças de tartaruga esculpidas com caracteres primitivos, utilizados pelos dirigentes da dinastia como forma de adivinhação antes de tomar alguma decisão.


Uma vez concluído o ritual, registravam-se os conteúdos apropriados no objeto em questão, já fosse a carapaça ventral da tartaruga ou o omoplata de algum animal. Quando os resultados do ritual de adivinhação coincidiam com a realidade, o "documento" ficava guardado no arquivo oficial.

Neste tipo de suporte registraram-se acontecimentos políticos, e dados econômicos e culturais que descrevem a sociedade chinesa de mais de 3.000 anos atrás. Os jiaguwen conformam um patrimônio histórico de um valor incomensurável.


Em 1913, Liu E publicou uma obra dedicada a esta questão e intitulada carapaças de tartaruga entre as nuvens, a que seguiram uma série de obras sobre o assunto, escritas por diferentes estudiosos. Os estudos mais famosos têm sido conhecidos como Os quatro Tangs dos jiaguwen.


Os registros contidos nos ossos e carapaças de tartaruga são um dado histórico direto para o estudo da China antiga, e em particular, da história da dinastia Shang. Hoje em dia, converteram-se numa disciplina de estudos a nível mundial."


Abrax^^

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

Nenhum comentário: