Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

segunda-feira, fevereiro 18

Fuji 3100 - A última parada

Fonte Fonte




Cupinchas! Riso For 
As mina pira num trenzinho abandonadoRiso For (Oficialmente, guardado Riso For )
Hoje compartilho com vocês, um trecho de uma antiga linha férrea desativada, seus túneis e um trem abandonado no meio das montanhas! Riso For 

Oh! Riso ForKisuki! Riso For Fujironakombi! Riso ForMonareta! Riso For

Segue:


"Eis que uma ponte de ferro enferrujada se destaca no meio de uma plantação.
Conhecida como a antiga ponte sobre o rio Tachiba, vem a ser a parte que nos interessa nesta área da linha férrea.
Não se trata da ferrovia inteira estar abandonada, mas apenas o espaço que outrora interligava Tóquio a Nagoya, passando por Nagano, interligando as estações Shinanosakai e Fujimi.
Atualmente há uma nova ferrovia vizinha, e este trecho ficou completamente abandonado.


Esta área, conta com uma ponte de ferro, três tuneis e ainda, perto da estação de Shinanosakai, há uma máquina de trem guardada (diga-se, abandonada), ou seja, uma porção de lugares para explorar.


Segurando a vontade de sair correndo em direção ao tal trem abandonado, calmamente chegamos ao topo de uma subida onde repousa um poste da linha elétrica na imagem acima, que alimentava os motores dos trens, enquanto nos aproximamos da ponte férrea sobre o rio Tachiba.


Como se pode notar pelas imagens, esta ponte tem um formato único em sua estrutura.


Este tipo de ponte férrea é conhecida por "Baltimore Truss Bridge".
Primeiramente, o "Truss" representa uma estrutura triangular muito vista em pontes, onde a junção de vários triângulos, dão o formato a uma "Truss Bridge", como se pode ver nessa ponte sobre o rio Tachiba.
E o "Baltimore truss" é a estrutura que visa diminuir o peso e dar reforço, fixadas no meio desses triângulos.


O incrível dessa ponte, é que ela foi construída no período Meiji, no ano 37 (1904), em plena época da guerra entre o Japão e a Rússia.
O tempo comprova a resistência dessa ponte.
Em 1980, uma nova linha férrea foi construída e esta antiga não foi mais utilizada, fazendo desta ponte, mais um lugar abandonado no Japão.


Da antiga, porém charmosa ponte de ferro, se pode avistar a nova ponte de concreto com a nova linha férrea.






Bem, até aqui falamos sobre pontes de ferro, agora vamos dar uma olhada no túnel abandonado de Fujimi. Dos 3, este túnel tem o nome de Sesawa.



Na entrada do túnel, se pode ver a instalação já enferrujada de um isolador da linha elétrica.

Talvez pelo tempo de abandono, o poste deitou com o peso.


A entrada do túnel transpira uma parte densa da história.

É evidente que no interior, a escuridão toma conta.

Olhando para o chão, no lugar dos trilhos o lugar está repleto de cascalho. Parece que o túnel foi reutilizado como canal, onde a força das águas deve ter trazido os pedregulhos.

No fundo da parede de evasão (Um abrigo para se proteger do trem, caso a pessoa caia na linha férrea. Nota Do Tradutor.) está escrito: "A segurança parte do princípio de usar os olhos, os ouvidos e o próprio coração."

Pensando que não ia mais encontrar, eis que os trilhos aparecem. Parece que a água levou uma parte do cascalho embora.




Saída do túnel Sesawa

Do lado de fora, travessas de madeira insistem em aparecer sob o manto de folhas


Por entre as árvores surge um outro túnel.
Este está mais perto da estação de Shimanosakai e se chama túnel Ubasawa.


Este também exala história. Apesar da proibitiva cerca de arame farpado, seguimos em frente.


No chão do túnel não há mais os trilhos, mas as travessas de madeira foram deixadas.

Uma parte do túnel ruiu. Um evidente sinal de perigo.

Decidimos voltar o caminho e encontrar o trem por outra via de acesso.

Bem, aqui está o local próximo a estação de Shimanosakai onde está guardado, ou melhor, abandonado, um trem como podem ver.

Apenas nessa parte há trilhos.
Pesquisando, descobri que se trata de um Trem elétrico para estradas de ferro modelo 3100 da ferrovia Fuji. Esse trem foi montado para comemorar os 30 anos da empresa férrea.



Um pouco a frente do trem, está a entrada para o terceiro túnel.

É inacreditável encontrar um trem abandonado num lugar como este.

Na lateral do veículo, o número do vagão 3102. Antes eu falei sobre este ser um modelo 3100, podendo ser esse números, uma sequência dos vagões.

No teto do vagão, o sistema elétrico pantográfico. (Ao levantar essa estrutura pantográfica, o metal encosta nos cabos elétricos, passando a corrente para alimentar os motores do trem. NDT.)

A proteção sanfonada de corredor entre os vagões coberto de folhas.

É como se o trem estivesse preparado para sair de uma estação no meio da floresta, mas muito provavelmente, nunca mais ele saia deste lugar.

Quase todas as portas e janelas estão emperradas, mas foi possível entrar por esta porta aqui.

O ar retrô emana por todo o vagão. Comparando a que todos os dias andamos em trens ruidosos, este ambiente é assustadoramente silencioso.

Para o lado do terceiro túnel, fica a cabine de comandos.

O banco do maquinista, os freios e outros controles. É uma visão emocionante. (Japoneses adoram trens. E o sonho deles é entrar em uma cabine de comandos como esta, já que em um trem ativo, a entrada é proibida a esta área. NDT.)

Os vários interruptores de controle do veículo alinhados. Atualmente, estes controles são automatizados em trens modernos.
(Das plaquinhas que não estão borradas e ilegíveis, se pode ler os seguintes controles a partir da direita: ..., Luz do painel, luz de passageiros, luz de recinto, luz traseira, luz dianteira, acionador pantográfico para cima, acionador pantográfico para baixo, controle, ...Freios, acelerador, letras luminosas. NDT)

Esta alavanca é o que controla a aceleração e a frenagem.

Este painel de controle, já não é mais visto nos trens atuais. Talvez esteja em uso em alguma via férrea em localidades no interior.

A visão do maquinista. O vidro embaçado.

Nos assentos, não há nem sombra de passageiros.

No meio das montanhas silenciosas, encontramos uma deliciosa ponte e um trem retrô.
Esta com certeza, foi uma das melhores viagens em busca de ruínas."

Imagens adicionais vindas de outra fonte que procura por lugares assombradosRiso For
Nessa fonte, não há a especificação de que neste local se manifestem aparições fantasmagóricas...Riso For 
Vaaaaaai pra luz!!! Riso For  Pra luz!!! Riso For 








Vídeo do trenzinho:



Abrax^^

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

Nenhum comentário: