Ueba^^

Uêba - Os Melhores LinksUm mundo de conteúdoEstá no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!Tedioso: Os melhores links

quinta-feira, janeiro 10

Os bunkers de aviões da segunda guerra mundial

Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte 









Cupinchas! Riso For
Com a intenção de trazer coisas pouco conhecidas como as granadas de cerâmica, é inevitável que tenha que abordar novamente o tema da Segunda Guerra Mundial...
Tema este que não agrada a todo mundo e que no qual eu nem sei tanto assim...
Riso For 
Mas vasculhando pela web Japan sempre acabo por encontrar muita coisa interessante, e apesar do tema, não posso deixar de compartilharRiso For

Segue adaptação dos sites e blogs, base desta matéria:



Em um canto da cidade, um grande pedaço de concreto emerge num terreno baldio.
Se trata de uma casamata para proteger os aviões de ataques aéreos inimigos, construída durante a Segunda Guerra Mundial.


Na época, a Força Aérea Imperial ordenou a construção de bunkers estratégicos, perto do campo de pouso de Chofu, lugar onde essas últimas casamatas que outrora, sobreviveram a bombardeios, hoje resistem heroicamente ao tempo, a tufões e terremotos num país de intensa atividade sísmica.



Estas casamatas de Chofu, serviam para abrigar os aviões caça modelo 3 - Kawasaki ki-61 derivado de um projeto Italiano, era propulsionado por um motor Alemão DB601 fabricado no Japão e renomeado Ha-40, chegava a 590 quilômetros por hora. Foi usado em combate contra as forças aliadas nos céus da Nova guiné e Filipinas.



O Kawasaki modelo 3 ki-61 foi confundido com o modelo Alemão Messerschmitt Bf 109, nos primeiros encontros com os aliados. Posteriormente foi dado como sendo um projeto italiano, o que lhe deu o nome código de "Tony"


O monumento em homenagem acima e a lona com a imagem impressa abaixo, mostram com clareza como eram guardados os caças.



Construídos com concreto e vergalhões, a concepção era simples. Pequenos e discretos tinham o papel de esconder e proteger individualmente, os aviões sobressalentes e assim evitar a dizimação total dos aviões em caso de bombardeios, além de ser uma força imediata de resposta a ataques.


Vista interna de alguns desses abrigos:


Na cidade de Inzai no estado de Chiba, foi registrada a existência de 36 abrigos em 1982, hoje resta apenas 1 intacto. No mesmo estado, na cidade de Mobara restam 10, cujo maior deles se tornou patrimônio da cidade. No aeroporto de Matsuyama, restam 3 e no aeroporto de de Kouchi os 7 restantes se tornaram patrimônio cultural e hoje exibem placas explicativas.




Em Chofu, restam apenas 2 desses abrigos para aviões e estão abertos ao público, existem várias outras casamatas que serviam como baterias anti-aéreas, mas devido a que hoje em dia se encontram em propriedades privadas, não é possível a sua visitação.


A imagem acima mostra um possível abrigo soterrado e abaixo o reaproveitamento de alguns para guardar implementos agrícolas.










Ainda hoje, existem grupos de entusiastas que procuram catalogar e registrar esses lugares.







Em Ibaraki, existe um bunker aberto a visitação que contém um OHKA, um avião foguete usado em ataques suicidas no final da guerra.


Em outros lugares, há o paradoxo dos que restam estarem bem ocultos salvando-os de vandalismos, mas por outro lado, em completo abandono.




São vários abrigos como estes espalhados pelo país, alguns estão sendo preservados como patrimônio histórico, outros ainda são aproveitados para armazenamento de implementos agrícolas, sementes ou defensivos e a grande maioria em completo abandono, vandalizados, destruídos ou ainda soterrados pela natureza a espera de um registro, nem que seja informal como os desses entusiastas que não mediram esforços em explorar esses lugares e resgatar esse pedaço da história.

Vídeos:




Detalhes adicionais:


Este bunker em Fukuoka, possui em suas cercanias uma entrada para uma base subterrânea.


Entrada e escadaria:


Mapa da base:


Imagens adicionais:






A placa alerta para o perigo de desabamento e pede para que não entrem e nem subam na fragilizada construção:



Abrax^^

Assinatura: Não vá embora ainda!Passe na página inicial AQUI e confira outros posts!
Os emoticons espalhados pelo blog são sonoros, clique neles mas cuidado com o volume!
Lista de todos os Smyles sonoros AQUI

2 comentários:

Luis disse...

Muito legal o post, simplesmente fantastico adoro estes temas que abrangem a Segunda Guerra Mundial.

Rusmea R. M. disse...

Obrigado^^

Pena que quase não há mais material pouco conhecido atualmente como esses bunkers e as granadas de cerâmica...^^'

Mesmo assim, em breve vou atualizar o blog com o tema!^^

Abrax^^